Rumo à Rio+20: o valor oculto da água, por Sucena Shkrada Resk

07/06/2012 20:34

Acesso à água: um direito humano. A Declaração Universal dos Direitos à Água será respeitada na Rio+20?...

O 6º Fórum Mundial da Água foi realizado em Marselha, na França, entre 12 e 17 de março de 2012, e reuniu representantes de agências da ONU, ministros, prefeitos, legisladores e representantes da sociedade civil. Ao final, foram feitas mais de 1,4 mil propostas, que podem ser conferidas no site https://www.solutionsforwater.org/ . A próxima edição acontecerá na Coreia do Sul, em 2015.

Durante o evento, a Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou a 4ª edição do Relatório sobre o Desenvolvimento dos Recursos hídricos no mundo (publicado de 3 em 3 anos), que é produzido por 28 organizações dentro do sistema (UN-Water).

A análise aponta a relação dos recursos hídricos com segurança alimentar, mudanças climáticas, produção de biocombustíveis, no contexto de um horizonte de aumento populacional mundial, quando deveremos ser 9 bilhões, contra os mais de 7 bilhões atuais.

No documento, é preciso observar o contexto da distribuição da água no mundo:

Praticamente 97,5% da água que existe no planeta é salgada. Dos restantes 2,5%, dois terços estão em estado sólido, nas geleiras e calotas polares, que são difíceis para aproveitamento. E grande parte da que está em estado líquido, fica no subterrâneo. Já 0,26% se dividem em lagos, lençóis freáticos e rios.

A demanda por água é predominante em quatro atividades: a agricultura, a produção de energia, os usos industriais e o consumo humano. A agricultura consome hoje 70% da água doce do mundo, e no ano de 2011, 90% dos desastres naturais estavam relacionados à água.

Água & saúde


Cerca de 80% das águas residuais não são recolhidas nem tratadas e seguem a outros corpos d'água (córregos, rios...) ou se infiltram no subsolo, o que resulta em problemas de saúde na população e na degradação ambiental.

A situação é grave, tendo em vista que 1,7 bilhão de pessoas não têm acesso a sistemas de saneamento básico e 2,2 milhões morrem anualmente no mundo devido ao consumo de água contaminada. As doenças mais fatais são a diarreia e a malária.

Água & escassez

Esse quadro combinado a questões geográficas levam à escassez de água potável. Hoje os países que enfrentam maior problema ficam na região da África Subsaariana, Oriente Médio e China.

Perspectivas para 2050

O alerta é o seguinte: Em 2050, há estimativa de aumento superior a 70% da produção agrícola e 19% de seu consumo mundial de água e de demanda mundial por alimentos também na faixa de 70%. No campo da energia, o percentual de consumo deverá se elevar em 50% até 2035.

Relatório Maplecroft 2012

Em maio deste ano, foi lançado o relatório da consultoria britânica de risco Maplecroft, que avaliou a pressão sobre a demanda de água em mais de 160 países.
O resumo dos resultados foi o seguinte:
Os 10 países mais vulneráveis à falta de água estão localizados no Oriente Médio e na África: Bahrein, Qtar, Kwait, Líbia, Djibouti, Emirados Árabes, Iêmem, Arábia Saudita, Omã e Egito. Os gigantes – China, Índia e EUA não escapam do problema em várias regiões.

O recorte da seca

E quando ampliamos o horizonte das nações que sofrem com a seca, segundo a ONU, uma das situações humanitárias mais difíceis é vivida no chamado Chifre da África (Quênia, Somália, Djibuti, Etiópia e a região de Karamoja, em Uganda)

Perfil hídrico brasileiro

Um total de 12% da água superficial do planeta está no Brasil, sendo 74% da mesma na região amazônica. As regiões com maior adensamento populacional, como Sudeste e Sul, já enfrentam racionamento. E no Nordeste, a situação é mais crítica com rios intermitentes.

Obs: 70% do Aquífero Guarani (águas subterrâneas), com 1, 2 milhão de km2 – ficam em 8 estados brasileiros: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Em 05 de maio de 2012, houve o lançamento do Pacto das Águas no Brasil São previstos R$ 20 milhões de investimentos anuais no financiamento de ações nas principais bacias brasileiras, com monitoramento e apoio dos órgãos federais. A iniciativa envolve convênios com a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Deverá ser criado um sistema de informações sobre recursos hídricos, com base no mapeamento por satélite dos rios e bacias brasileiras.

Rascunho do documento final da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) – versão de abril/2012:

O documento apresenta a preocupação das nações com o fato de cerca de 1,4 bilhão de pessoas ainda viverem em extrema pobreza e um sexto da população mundial estar subnutrida, e expostas a pandemias e epidemias.

A questão central é a seguinte: o modelo de desenvolvimento atual aumentou a tensão sobre os limites dos recursos naturais e da capacidade de suporte dos ecossistemas. E um dos eixos principais desse quadro de escassez são os recursos hídricos. Por outro lado, há o crescimento da população nas próximas décadas em mais de um terço.

Probabilidade de propostas na Rio+20

Acordos que viabilizem políticas públicas e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), que incorporariam o tema água, a partir de 2015, quando expira os Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODMs), da ONU.
Um ponto que gera ainda polêmica: acesso à água como um direito humano. O que antagoniza com a própria Declaração Universal dos Direitos da Água.

No rascunho do documento final, os temas que se destacam, além da água, são: África, biodiversidade, cidades, desastres naturais, educação, energia, erradicação da pobreza, florestas, harmonia com a natureza, montanhas, mudanças climáticas, inclusão social, oceanos e mares, países insulares, países menos desenvolvidos, outros grupos e regiões com dificuldades para implementar o desenvolvimento sustentável, químicos, saúde, segurança alimentar, transporte e turismo sustentáveis.

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) lançou em 6 de junho, o Panorama Ambiental Global 5 (GEO-5), o documento mais importante elaborado na área ambiental. Entre os eixos de estudo estão a questão da purificação da água e tratamento, além de doenças.

O levantamento durou três anos e foi realizado por um grupo de aproximadamente 300 especialistas e chegou à conclusão de que entre 90 metas internacionais para o meio ambienta, houve avanços apenas nas de eliminação da produção e uso de substâncias que destroem a camada de ozônio, na eliminação do uso de chumbo em combustíveis, no acesso crescente a fontes melhoradas de água e em mais pesquisas para reduzir a poluição do meio ambiente marinho.


Para refletir:
Água virtual – a relação de consumo
No contexto da situação da água no mundo, há um importante indicativo de educação ambiental: o da água virtual ou oculta, que é o volume de água necessário para a produção de um bem ou serviço, como utilizado nas toneladas de alimentos comercializados pelo mundo. Deixo essa mensagem a ser valorizada.

Fontes de consulta:
6º Fórum Mundial da Água. Disponível em: https://www.worldwaterforum6.org/en/
4ª edição do Relatório sobre o Desenvolvimento dos Recursos hídricos no mundo. Disponível em: https://www.unesco.org/new/fileadmin/MULTIMEDIA/FIELD/Brasilia/pdf/WWDR4%20Background%20Briefing%20Note_pt_2012.pdf
Panorama Ambiental Global 5 (GEO-5). Disponível em: https://www.unep.org/GEO/
Draft 1 Rio+20 (até abril). Disponível em: https://vitaecivilis.org/home/images/stories/Docs/Documento_de_negociacao_com_texto_dos_co_presidentes%20_17_de_abril.pdf

 

Pesquisar no site

Blog

07/12/2015 21:32

COP21: as mudanças climáticas e as vidas em xeque

Por Sucena Shkrada Resk Enquanto nas salas climatizadas da Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (COP-21), em Paris, tudo vai hipoteticamente bem, obrigado, do lado de fora, a realidade é bem outra. Essa constatação vem por meio de dados do recente...
29/11/2015 13:04

Crônicas de uma urbanóide na vida rural: superando os medos e mitos sobre uma caranguejeira

Por Sucena Shkrada Resk Já era noite e estava dentro de casa, no quarto, quando vi próximo ao guarda-roupa uma enorme aranha –caranguejeira. Até então, só tinha visto em alguns locais externos, em viagens, mas não tão pertinho, nesta experiência de quase um ano vivendo em uma cidade com perfil...
05/11/2015 03:55

PEC 215: a quem interessa sua aprovação?

Por Sucena Shkrada Resk Compreender as motivações da política partidária não é uma tarefa fácil para qualquer um de nós, cidadãos comuns, que não vivenciamos regularmente os bastidores.. Entretanto, alguns temas em pauta no Congresso chamam a atenção. E um deles é a recente aprovação feita por uma...
01/11/2015 14:23

Mudanças climáticas: a COP21 das utopias

Por Sucena Shkrada Resk O que seria de nós, seres humanos, sem a possibilidade de desenvolver o pensamento utópico? Hoje resolvi narrar o meu discurso com esse princípio sobre a condução do combate ao aceleramento das mudanças climáticas e do aquecimento global, em que o palco das discussões é a...
20/09/2015 22:15

Amazônia: um lamento dos sem-árvore

Por Sucena Shkrada Resk Onde estão os anus-pretos, que faziam as travessias aéreas sobre as estradas de terras e a vegetação?  E os casais de araras-vermelhas que passeavam sob o céu azul, seguindo a caminho da floresta com suas árvores e copas densas? Agora, nem flagrar um tatu está sendo...
30/08/2015 15:34

Rumo à COP21: o desmatamento na Amazônia continua a ser um desafio

  Por Sucena Shkrada Resk Dados recentes divulgados pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) apontam que houve um aumento de 63% no desmatamento na Amazônia Legal, no período de agosto a julho (2014-2015), com 3.322 km2 comparativamente ao mesmo período entre 2013-2014, com...
19/08/2015 11:16

Sim, todos nós precisamos das abelhas...

Por Sucena Shkrada Resk Onde estão as abelhas, os principais polinizadores do planeta? Quantas vezes temos ouvido esta pergunta nos últimos anos se acentuando cada vez mais, desde os anos 90? O desaparecimento ocorre gradativamente por causa da intervenção humana, isso já é uma constatação. Mas o...
31/07/2015 12:48

Marcelo Munduruku: quando a natureza e o ser humano traduzem uma única essência

O Projeto Vozes dos Biomas – jornalista Sucena Shkrada Resk tem como terceiro entrevistado, Marcelo Munduruku, de Juara, MT, do bioma amazônico. Confira a entrevista que fiz no último dia 16, no...
19/07/2015 14:15

Extrativismo sustentável, dobradinha que inclui conservação e geração de renda

Por Sucena Shkrada Resk Autonomia e empoderamento. Dobradinha poderosa e indispensável. Quando nos deparamos com boas práticas, que envolvem a agricultura familiar, vale a pena compartilhar estas experiências. Lidar com a terra, além de sensibilidade tem muito de matemática. Quem só retira e não...
12/07/2015 12:57

Chapada dos Guimarães: uma aula prática de Cerrado

Texto e fotos: Sucena Shkrada Resk Para qualquer lado que se olhe, o Cerrado é um bioma que revela cenários diferenciados, no Centro-Oeste brasileiro. A região da Chapada dos Guimarães, a cerca de 60 km de Cuiabá, Mato Grosso, é um dos locais mais especiais desse pedaço do Brasil, também...
05/07/2015 13:49

Resíduos sólidos: prorrogar lixões revela um Brasil atrasado

Por Sucena Shkrada Resk A discussão sobre a gestão dos resíduos sólidos no Brasil revela a fragilidade que vivemos em nosso país. A Política Nacional (Lei  12305, de 2010), que veio com um arcabouço importante, foi perdendo força com o passar do tempo, em vários aspectos, por causa da...
21/06/2015 17:01

Marco da biodiversidade: muito além do papel

Por Sucena Shkrada Resk Os processos de conquista de direitos socioambientais no Brasil são árduos, porque por muitas vezes, ficam circunscritos a belas palavras dispostas no papel, que não se traduzem em regulamentação e prática.  O recente Marco da Biodiversidade brasileiro (Lei 13.123),...
23/04/2015 12:18

Parque Nacional da Serra da Capivara (PI): um patrimônio mundial a céu aberto

Texto e fotos: Sucena Shkrada Resk Um ano de maturação até conseguir conhecer o Parque Nacional da Serra da Capivara (PI), a Fundação Museu do Homem Americano (Fumdham) e a Cerâmica da Serra da Capivara, em novembro de 2014. Foi praticamente um período de gestação, que gerou alguns "filhos"...
04/04/2015 20:18

Um dia no “Velho Chico”

Crédito das fotos: Sucena Shkrada Resk Por Sucena Shkrada Resk “Descoberta e sensação de pertencimento”. Essas talvez sejam as palavras certas para definir o que me acompanhou há alguns meses, em uma viagem ao Nordeste, quando parti para a navegação fluvial no “Velho Chico”. Até hoje, essa...
18/02/2015 12:50

Ana das Carrancas, uma personagem ligada ao "Velho Chico"

Fotos: Sucena Shkrada Resk Por Sucena Shkrada Resk  A ‘dama de barro’. Assim era conhecida Ana das Carrancas, que se tornou uma personagem cultural reconhecida em Pernambuco e no Brasil, por seus trabalhos moldados no barro às margens do rio São Francisco, na região de Petrolina. A artista...
08/02/2015 12:01

Castanheira viva, um sinal da floresta em pé

crédito das fotos: Sucena Shkrada Resk   Por Sucena Shkrada Resk Mais que sombra, mais que frutos, a castanheira viva é símbolo da floresta em pé no bioma amazônico. Alta, soberana, se destaca na paisagem, mas depende de seus pares nativos de outras espécies para ficar vigorosa. Pode atingir...
26/01/2015 13:06

As perguntas encontram sentido nas coisas aparentemente miúdas

Por Sucena Shkrada ReskUm dia estava eu na atmosfera paulista da mata atlântica, vivendo um cotidiano entre São Caetano do Sul e São Paulo, e no outro já estava fincando os pés em Alta Floresta e depois, em Cotriguaçu, na Amazônia matogrossense. Um mero deslocamento geográfico e de bioma? Não,...
10/01/2015 15:18

Nivaldo, o artesão: uma história enraizada na Serra da Capivara (PI)

O oleiro e artesão Nivaldo Coelho de Oliveira é o segundo personagem entrevistados pelo Projeto Vozes dos Biomas - jornalista Sucena Shkrada Resk, na Serra da Capivara   Bioma Caatinga Entrevistado (2): artesão Nivaldo Coelho de Oliveira, 82 anos, da Cerâmica Serra da Capivara obs: auxiliou a...
08/01/2015 09:42

Vozes dos Biomas: início de um ideal jornalístico

Por Sucena Shkrada Resk  #Vozesdosbiomas - #Jornalismoambiental   Estou divulgando hoje uma iniciativa de jornalismo audiovisual socioambiental que estou gestando há quase dois anos: Projeto Vozes dos Biomas -  jornalista Sucena Shkrada Resk, e dei início neste mês. Como o...
03/01/2015 13:42

Mafalda, a COP20, o estado do mundo e do Brasil

Exposição "O Mundo segundo Mafalda", em cartaz gratuitamente na Praça das Artes, em São Paulo. (Crédito das fotos: Sucena Shkrada Resk) Por Sucena Shkrada Resk A eterna Mafalda completou meio século e continua sagaz como sempre. A personagem carismática criada pelo cartunista argentino Quino tem...

© 2018 Todos os direitos reservados.

Blog Cidadãos do Mundo-jornalista Sucena Shkrada Resk