Parte 3: A Covid 19 e os desafios de nossos defensores no front de batalha

07/04/2020 14:31

Neste Dia Mundial da Saúde (07/04), fica o alerta em defesa de nossos profissionais da área da saúde

Por Sucena Shkrada Resk*

A batalha contra a Covid-19 está resultando em muitas baixas no front, em todo o mundo. No município de São Paulo, o médico socorrista Paulo Fernando, 56 anos; o enfermeiro Idalgo, 45; o cardiologista Ricardo Antonio e o anestesiologista José Manoel, no Rio de Janeiro; e a técnica em enfermagem Adelita, 38, de Goiás são alguns dos profissionais da saúde que morreram recentemente. Um pesar sentido por seus familiares, colegas de trabalho e por nós, da sociedade, com uma mensagem de agradecimento. Neste cenário de crise, milhares destes profissionais também estão sendo afastados de suas funções porque seus testes deram positivo para a doença. Neste Dia Mundial da Saúde, uma atenção mais aprofundada sobre estes cidadãos e trabalhadores.

Na Itália, cerca de 90 médicos também sucumbiram à doença transmitida pelo novo coronavírus até esta segunda-feira.  Em Wuhan, na China, onde tudo começou no final de dezembro do ano passado, é importante frisar que o médico Li Wenliang, que foi um dos primeiros a notificar sobre o surgimento da doença – e não recebeu inicialmente o merecido crédito – também perdeu sua vida. Seus colegas, o oftalmologista Mei Zhongming e o médico Jiang Xueqing, morreram mais recentemente. Nos EUA, que se tornou o novo epicentro da Covid-19, devido ao número de casos, o cirurgião médico James Goodrich não resistiu à doença, e está entre as mais atuais baixas.

Cada uma destas perdas não pode ser esquecida, além de todos os profissionais aqui não mencionados, como todas as vítimas fatais no mundo, que já chegam a mais de 67,5 mil pessoas. Infelizmente não conseguimos homenagear merecidamente a todos que deram literalmente suas vidas pela recuperação de cidadãos e cidadãs em diferentes locais do planeta e àqueles que resistem bravamente todos os dias em seus plantões ou estão temporariamente afastados, em quarentena.

Mas o que é possível multiplicar, neste cenário de crise, são as reivindicações destes profissionais, que são um apelo por melhor infraestrutura para que possam atender com segurança. Globalmente, há um grande déficit de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), testes para a detecção da doença, como também de respiradores mecânicos para os casos mais graves. Os profissionais da linha de frente precisam de itens básicos, como sabão, álcool gel, de papel toalha, máscaras cirúrgicas, de proteção N95, óculos e aventais de proteção, entre outros. Os órgãos públicos e privados estão com dificuldade de conseguir cobrir a necessidade destes insumos com agilidade, pois esta demanda atinge a maior parte dos países.

Aqui no Brasil, a Associação Médica Brasileira (AMB) tem recebido centenas de denúncias sobre esta precariedade. No início do mês, já eram mais de 2,6 mil em todo o país. O Conselho Nacional e os regionais de Enfermagem também estão ouvindo os profissionais do segmento. Muitos têm recorrido ao próprio bolso para adquirir o material de segurança, enquanto estoques não são atualizados pelos gestores.

O problema, no entanto, é mais fundo, porque vivenciamos internacionalmente uma guerra comercial quanto ao suprimento destes itens, que coloca em profunda discussão valores éticos que estão sendo corrompidos pelo raciocínio de “quem paga mais, leva primeiro”. Ao mesmo tempo, está exigindo proatividade da área industrial para canalizar sua força produtiva para suprir esta falta de insumos. A maioria das automotivas do mundo começaram a se desdobrar neste esforço, como grandes empresas na área cosmética, de bebidas, da moda, de eletrodomésticos, entre outros setores da economia. Uma nova discussão surge: todos os países devem adquirir autossuficiência na fabricação e não podem ficar à mercê do monopólio de poucos, ou seja, das nações que detêm hegemonia no contexto do capitalismo.

No campo do empreendedorismo local, estamos vendo exemplos de costureiras que estão se desdobrando para produzir EPIs para hospitais. É realmente um esforço em “tempos de guerra”, uma guerra que exige de todos nós, novos paradigmas de desenvolvimento. É um raciocínio que se prolonga pós-Covid-19.

Nossos “soldados” do front, que vão desde as equipes de limpeza, segurança, assistência social aos profissionais da enfermagem e da área médica são nosso suporte real, que precisam ser assistidos em todas as suas necessidades. Desmerecê-los é um posicionamento fatal à toda humanidade. Além do estresse físico, sofrem o mental. Se cada um de nós tentar se colocar por uma vez em seus lugares, talvez, tenhamos a dimensão deste imenso hiato na área da saúde. Não por acaso, aqui no Brasil,  psicólogos também criaram na Rede de Apoio Psicológico, um serviço voluntário aos profissionais da linha de frente da Covid-19.

O distanciamento social orientado à população por infectologistas e autoridades se torna extremamente necessário, neste contexto, para que o sistema de saúde não entre em colapso. Para se ter uma ideia, hoje mais de 50% dos 12.500 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) nos hospitais no estado de São Paulo já estão lotados por pacientes da Covid-19 e com outras doenças. Municípios, estados e o governo federal estão correndo contra o tempo.

Se esta retaguarda não estiver minimamente “desafogada” e as pessoas entrarem no ritmo normal de circulação, um verdadeiro caos é previsto, como já se vê em locais como EUA, Itália, Espanha, Equador e Irã, como outros. Os hospitais de campanha que estão entrando em funcionamento em vários pontos visam atender principalmente baixa e média complexidade para que leitos possam ser liberados nas unidades hospitalares formais para casos mais graves.

*Sucena Shkrada Resk - jornalista, formada há 28 anos, pela PUC-SP, com especializações lato sensu em Meio Ambiente e Sociedade e em Política Internacional, pela FESPSP, e autora do Blog Cidadãos do Mundo – jornalista Sucena Shkrada Resk (https://www.cidadaosdomundo.webnode.com), desde 2007, voltado às áreas de cidadania, socioambientalismo e sustentabilidade.

Veja também no Blog Cidadãos do Mundo – jornalista Sucena Shkrada Resk:

30/03/2020 – Parte 2: a expiral do novo coronavírus expõe a janela de fragilidade aberta no Antropoceno
23/01/2020 – Saúde Ambiental: estado de alerta mundial para o coronavírus reflete um desequilíbrio ecossistêmico
 

Pesquisar no site

Blog

04/06/2020 12:02

Parte 12: Semana do Meio Ambiente: Conama em silêncio no ano de 2020, em tempos de Covid-19

No contexto da crise da pandemia e da aceleração de desmatamento ilegal na Amazônia, reuniões plenárias não ocorrem desde novembro de 2019 Por Sucena Shkrada Resk* Nesta Semana do Meio Ambiente e no auge da crise da pandemia da Covid-19, o Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA), que tem o...
01/06/2020 09:53

Parte 11 – Observatórios possibilitam controle social, em tempos de Covid-19

Estes canais de comunicação surgem em busca de maior transparência de informações e de cobranças de ações proativas no combate à doença no Brasil Por Sucena Shkrada Resk* A sociedade civil brasileira, por meio de organizações não-governamentais (ONGs) e especialmente de instituições públicas de...
29/05/2020 13:00

Parte 10 – Estudo aponta o risco associado da desintegração ecológica com a origem de mais doenças infecciosas como a Covid-19

Por Sucena Shkrada Resk* Surtos epidêmicos entre humanos, com início em doenças zoonóticas, se tornam mais prováveis A The Wildlife Conservation Society lançou um documento, neste mês de maio, que alerta sobre o perigo que ronda a humanidade com a possibilidade de mais surtos epidêmicos e pandemias...
28/05/2020 09:58

Parte 9 – Mais de 40 milhões de vozes da área da saúde clamam por um meio ambiente saudável ao G20 no contexto da pandemia

Por Sucena Shkrada Resk* Carta foi encaminhada, nesta semana, aos líderes do grupo das 20 nações com as maiores economias mundiais, incluindo o Brasil, e clama pela necessidade de combate à poluição atmosférica “...Antes da Covid-19, a poluição do ar - principalmente originária do tráfego, uso...
26/05/2020 13:00

Parte 8: O papel estratégico da conservação da saúde ambiental no enfrentamento à Covid-19 no Brasil

Por Sucena Shkrada Resk* Mídia ambiental está atenta ao processo de desestruturação nesta agenda, que pode ser uma porta aberta também para avanços de epidemias A saúde ambiental brasileira está seguindo para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nunca foi tão necessário evocar esta analogia com...
25/05/2020 14:32

Parte 7 – A corrente de humanização que se tece em tempos da pandemia da Covid -19

Por Sucena Shkrada Resk* Campanhas pelo país impulsionam o exercício de empatia e desprendimento Uma das características singulares que emerge em tempos de crise é a humanização, que vem carregada daquela palavra ‘aconchegante’ chamada empatia. Problemas da sociedade moderna já existentes se...
22/05/2020 13:56

Parte 6: o impacto na saúde mental em tempos de pandemia da Covid-19

Por Sucena Shkrada Resk* OMS lança documento em maio e iniciativas se multiplicam no Brasil No conjunto de complexidades a respeito dos impactos da pandemia da Covid-19, a saúde mental ganha projeção em recentes pesquisas, e os comprometimentos são avaliados como “extremamente preocupantes”,...
29/04/2020 15:28

Parte 5: #Covid19 e a valorização da pesquisa científica

Por Sucena Shkrada Resk* Esta pandemia reitera o quanto é crucial o investimento no capital humano científico Nós, individualmente e como integrantes do coletivo da humanidade procuramos um norte, nesta pandemia da Covid-19. Neste horizonte de incertezas, a “bússola” leva a uma área que nos últimos...
22/04/2020 16:34

Parte 4 – Em tempos de #Covid19 e #mudançasclimáticas

No Dia Mundial da Terra, a reflexão sobre novos paradigmas de desenvolvimento Por Sucena Shkrada Resk* A expressão “em tempos de #Covid19 ou de #Coronavírus tem se fixado em nossas mentes para definir o atual momento histórico em que vivemos nos últimos meses. Este ano de 2020 definitivamente é...
07/04/2020 14:31

Parte 3: A Covid 19 e os desafios de nossos defensores no front de batalha

Neste Dia Mundial da Saúde (07/04), fica o alerta em defesa de nossos profissionais da área da saúde Por Sucena Shkrada Resk* A batalha contra a Covid-19 está resultando em muitas baixas no front, em todo o mundo. No município de São Paulo, o médico socorrista Paulo Fernando, 56 anos; o enfermeiro...
30/03/2020 10:30

Parte 2: A espiral do novo coronavírus expõe a janela da fragilidade aberta no Antropoceno

Com a pandemia da Covid-19, somos obrigados a descobrir novos caminhos para a humanidade Por Sucena Shkrada Resk* Existem algumas guerras que não são estruturadas com armamentos bélicos e que são tão devastadoras quanto a estes conflitos geopolíticos que têm assolado a humanidade, como a 1ª e 2ª...
10/03/2020 10:36

Um tipo de pressão transversal de obsolescência programada ronda unidades de conservação marinha brasileiras?

Legislação do SNUC pode ser colocada em xeque, se UCs marinhas forem expostas à maior vulnerabilidade  Por Sucena Shkrada Resk* Após duas décadas da criação do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC - LEI 9.985/2000), o Brasil se depara hoje com a possibilidade de...
03/03/2020 16:20

Água: no eixo central nos cenários de conflito no mundo

Por Sucena Shkrada Resk* A água, apesar de ser um direito humano, tem sido menosprezada através dos séculos no planeta. Experiências que exemplificam este extremo são vivenciadas diariamente por meio de conflitos contemporâneos com relação aos recursos hídricos, cada vez mais escassos, em nações...
27/02/2020 13:22

Pela quarta vez, é prorrogado prazo de obrigatoriedade dos Planos Municipais de Saneamento no Brasil

A falta de comprometimento efetivo com a infraestrutura ainda é um desafio na esfera de mais da metade dos governos locais. Novo prazo estabelecido pelo Governo Federal é 31 de dezembro de 2022. Sucena Shkrada Resk* Cumprimento de prazos, eis um “calcanhar de aquiles” na agenda de políticas...
19/02/2020 17:02

Brasil ocupa o primeiro lugar em casos de dengue nas Américas

Cenário exige campanhas permanentes para combater criadouros do vetor Aedes aegypti Por Sucena Shkrada Resk* Quando a pauta é saúde ambiental, o Brasil tem trilhado uma linha tênue e perigosa, nos quesitos precaução, prevenção e efetividade, desde a esfera municipal à federal, quando se trata da...
14/02/2020 10:40

Antártica, 20 graus: o continente gelado emite sinal de alerta

Registro de recorde não é motivo de celebração Por Sucena Shkrada Resk* Nem sempre os recordes são sinais de celebração. O que dizer, então, sobre o registro da temperatura de 20,75 graus C na Ilha Seymour, na Antártica, no último dia 9 de fevereiro? É bom frisar – GRAUS POSITIVOS, no continente...
13/02/2020 16:09

Gafanhotos-do-deserto expõem os extremos da crise climática na África

Situação atual em vários países do continente é avaliada como sem precedentes, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) Por Sucena Shkrada Resk* A palavra “extremo” permite resumir o quadro complexo e caótico que países da África Oriental estão vivenciando desde dezembro do ano passado e que...
12/02/2020 14:28

Adaptação à Mudança do Clima: do papel à ação, uma longa distância

Reflexo de temporal em SP, nesta semana, abre uma discussão importante sobre o papel do planejamento urbano Por Sucena Shkrada Resk*  Vocês já devem ter ouvido dizer pelo menos uma vez que o Brasil é um dos países com maior arcabouço legal na área socioambiental. Isso não quer dizer,...
04/02/2020 12:41

“Eu quero minha história de volta”, diz ex-moradora de Paracatu de Baixo, MG

Desabafo ocorre sobre recordações dos impactos do rompimento de duas barragens de rejeito da Samarco Por Sucena Shkrada Resk*, em Mariana (MG) “Levaram embora nossa história, eu não me sinto feliz”. Com esta frase, M.C.S., 45 anos, antiga moradora da comunidade de Paracatu de Baixo, subdistrito a...
03/02/2020 11:22

Minas Gerais: um recorte sobre os abalos sísmicos e a gestão de riscos

Por Sucena Shkrada Resk* O Brasil tem na casa de 500 abalos sísmicos anualmente e pouca gente tem conhecimento disso. Minas Gerais é um dos estados que historicamente registra os maiores números de terremotos no país (a maioria entre 1 e 4 graus na Escala Richter, que vai até 10 graus), o que é um...

© 2020 Todos os direitos reservados.

Blog Cidadãos do Mundo-jornalista Sucena Shkrada Resk