Pantanal: um bioma rico em serviços ecossistêmicos

18/11/2014 18:19

crédito da foto: Sucena Shkrada Resk

Reconhecimento do seu valor existe, mas a pressão ainda é muito maior

Por Sucena Shkrada Resk

Reconhecer o valor é o primeiro passo. Neste quesito, o Pantanal matogrossense – cujo dia foi celebrado em 12 de novembro - ganha visibilidade mundial ao longo do tempo, como destaca o relatório Os benefícios dos Patrimônios Naturais Mundiais (em inglês, The Benefits of Natural World Heritage), produzido pela organização não governamental International Union for Conservation of Nature (IUCN). Só em um trecho de 187,818 hectares de área protegida reconhecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), uma amostra desta região do centro-oeste brasileiro, foram identificados  2.013 serviços ecossistêmicos que resultam em US$ 1,700 milhões por ano, valor maior do que o das exportações brasileiras de peixes (2010) e de frutas frescas (2011). O montante foi equivalente ao orçamento anual do Ministério do Meio Ambiente (2010-2012) de US$ 1,718 milhões.

Mas o desafio é bem maior para a conservação de todo o bioma, que representa 1,76% da área total do território brasileiro, presente nos estados de MT e MS, imenso aluvião inundado durante a estação chuvosa. Os pesquisadores apontam iniciativas como da criação do chamado ‘gado orgânico’, além da pesca e ecoturismo sustentáveis. Por outro lado, as unidades de conservação são outro instrumento importante contra a pressão antrópica, entretanto, incorporam somente 4,4% do bioma. Entre elas, o Parque Nacional do Pantanal Matogrossense, com 136.028 hectares, é avaliado como a maior área alagada do continente americano. No bioma, ainda há 9 parques estaduais, duas Áreas de Proteção Ambiental (APAs) e mais de 10 Reservas Particulares de Patrimônio Natural (RPPN´S). Com isso, são 900 mil ha de áreas protegidas.

Conservar esta caixa d`água não é uma tarefa fácil. Há algumas iniciativas em andamento, como  do Pacto em Defesa das Cabeceiras do Pantanal. A iniciativa é do WWF-Brasil, com apoio do Programa HSBC pela Água. O projeto visa a proteção de quatro grandes afluentes da região - os rios Alto-Paraguai, Sepotuba, Jauru e Cabaçal. Esses cursos d`água respondem por cerca de 30% do fluxo hídrico que desce ao Pantanal.

A pressão da construção de hidrelétricas, nesta região, também causa apreensão por causa dos possíveis impactos ambientais. São entorno de 154 projetos, segundo Débora Calheiros, da Embrapa Pantanal e da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Há ações pontuais dos Ministérios Público Federal e Público do Mato Grosso do Sul a respeito.

O Pantanal e sua biodiversidade

Mas o que chama mais atenção, quando se trata do Pantanal, sem dúvida, é a riqueza da biodiversidade local. Seja na água, no céu ou na terra, há sempre o que contemplar. Como não apreciar casais de araras-azuis cúmplices em suas revoadas ou o elegante tuiuiú e o olhar camuflado do jacaré-do-pantanal ou do jacaré-de-papo-amarelo? É neste paraíso da diversidade, que está o maior reduto de crocodilianos da Terra. Esse cenário ganha um ‘plus’ com o pôr do sol cinematográfico característico desta região.

Afinal é neste bioma que se mantém um dos maiores ecossistemas mundiais de zonas úmidas, banhado pelos rios Cuiabá e Paraguai. Sua vegetação incorpora traços de transição entre o cerrado e a floresta semi-decídua do sul e sudeste. Ao mesmo tempo é possível detectar registros de Cerrado, Mata-Atlântica e do bioma amazônico. A fauna é biodiversa, com mais de 132 espécies de mamíferos, 463 de aves, 113 de répteis e 263 de peixes e 41 de anfíbios, de acordo com o Ministério do Meio Ambiente (os números divergem dependendo da fonte).

Nas listas de espécies vulneráveis da IUCN, estão o cervo do Pantanal, o tamanduá-bandeira e a onça-pintada, entre outras.

Algumas ações conservacionistas visam proteger esta fauna como, por exemplo, do Instituto Onça Pintada, do Projeto Onçafari, do Projeto Arara Azul, que pude conhecer a trabalho, no Refúgio Ecológico Caiman, e do Projeto Bichos do Pantanal.

O Pantanal e sua gente

Os povos indígenas dessa região, como os Guató, os Kadiwéu e os Guarani-Kaiowá, entre outros, também são cuidadores dessa biodiversidade, ao mesmo tempo que muitos deles sofrem a pressão do homem branco. A essas comunidades se somam quilombolas, como de Jejum e de Tanque do Padre (Poconé), de Lagoinha de Cima e do Morro-do-Candambé (Chapada dos Guimarães), de Jacaré dos Pretos e de Mutuca (Nossa Senhora do Livramento).

As populações ribeirinhas se integram a este grupo. Entre elas, da Barra do São Lourenço, de Paraguai-Mirim, de Porto da Manga e da Serra do Amolar, além de comunidades extrativistas, que definem um traço cultural peculiar desta região. Em apoio a essas populações, há trabalhos interessantes, como da ONG Ecoa, da Universidade Federal do Mato Grosso e do Instituto Socioambiental (ISA).

Bem, o que resta falar? Os argumentos são mais que suficientes para que haja um olhar mais cuidadoso para este pedaço do Brasil, não é?

Veja também outros artigos que escrevi sobre este tema, no Blog Cidadãos do Mundo – jornalista Sucena Shkrada Resk:

13/11/2014 – Manoel de Barros: o descobridor de memórias fósseis
12/11/2014 – Justiça socioambiental: um grande gargalo no Brasil
16/10/2014 – Guaranis-kaiowás resistem à dinâmica da desigualdade, mas até quando? 
01/02/2013 – Conservação da Zonas Úmidas: Brasil tem 11 sítios de Ramsar
*Blog Cidadãos do Mundo - jornalista Sucena Shkrada Resk

Pesquisar no site

Blog

05/06/2020 08:00

Dia Mundial do Meio Ambiente: Onde se planta jornalismo floresce democracia

Veículos da mídia ambiental brasileira se unem em defesa da manutenção de um jornalismo atuante e com independência e lança  carta aberta, hoje, Dia Mundial do Meio Ambiente. Leia a íntegra: Onde se planta jornalismo floresce democracia 5 de junho de 2020 Neste Dia Mundial do Meio Ambiente,...
04/06/2020 12:02

Parte 12: Semana do Meio Ambiente: Conama em silêncio no ano de 2020, em tempos de Covid-19

No contexto da crise da pandemia e da aceleração de desmatamento ilegal na Amazônia, reuniões plenárias não ocorrem desde novembro de 2019 Por Sucena Shkrada Resk* Nesta Semana do Meio Ambiente e no auge da crise da pandemia da Covid-19, o Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA), que tem o...
01/06/2020 09:53

Parte 11 – Observatórios possibilitam controle social, em tempos de Covid-19

Estes canais de comunicação surgem em busca de maior transparência de informações e de cobranças de ações proativas no combate à doença no Brasil Por Sucena Shkrada Resk* A sociedade civil brasileira, por meio de organizações não-governamentais (ONGs) e especialmente de instituições públicas de...
29/05/2020 13:00

Parte 10 – Estudo aponta o risco associado da desintegração ecológica com a origem de mais doenças infecciosas como a Covid-19

Por Sucena Shkrada Resk* Surtos epidêmicos entre humanos, com início em doenças zoonóticas, se tornam mais prováveis A The Wildlife Conservation Society lançou um documento, neste mês de maio, que alerta sobre o perigo que ronda a humanidade com a possibilidade de mais surtos epidêmicos e pandemias...
28/05/2020 09:58

Parte 9 – Mais de 40 milhões de vozes da área da saúde clamam por um meio ambiente saudável ao G20 no contexto da pandemia

Por Sucena Shkrada Resk* Carta foi encaminhada, nesta semana, aos líderes do grupo das 20 nações com as maiores economias mundiais, incluindo o Brasil, e clama pela necessidade de combate à poluição atmosférica “...Antes da Covid-19, a poluição do ar - principalmente originária do tráfego, uso...
26/05/2020 13:00

Parte 8: O papel estratégico da conservação da saúde ambiental no enfrentamento à Covid-19 no Brasil

Por Sucena Shkrada Resk* Mídia ambiental está atenta ao processo de desestruturação nesta agenda, que pode ser uma porta aberta também para avanços de epidemias A saúde ambiental brasileira está seguindo para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nunca foi tão necessário evocar esta analogia com...
25/05/2020 14:32

Parte 7 – A corrente de humanização que se tece em tempos da pandemia da Covid -19

Por Sucena Shkrada Resk* Campanhas pelo país impulsionam o exercício de empatia e desprendimento Uma das características singulares que emerge em tempos de crise é a humanização, que vem carregada daquela palavra ‘aconchegante’ chamada empatia. Problemas da sociedade moderna já existentes se...
22/05/2020 13:56

Parte 6: o impacto na saúde mental em tempos de pandemia da Covid-19

Por Sucena Shkrada Resk* OMS lança documento em maio e iniciativas se multiplicam no Brasil No conjunto de complexidades a respeito dos impactos da pandemia da Covid-19, a saúde mental ganha projeção em recentes pesquisas, e os comprometimentos são avaliados como “extremamente preocupantes”,...
29/04/2020 15:28

Parte 5: #Covid19 e a valorização da pesquisa científica

Por Sucena Shkrada Resk* Esta pandemia reitera o quanto é crucial o investimento no capital humano científico Nós, individualmente e como integrantes do coletivo da humanidade procuramos um norte, nesta pandemia da Covid-19. Neste horizonte de incertezas, a “bússola” leva a uma área que nos últimos...
22/04/2020 16:34

Parte 4 – Em tempos de #Covid19 e #mudançasclimáticas

No Dia Mundial da Terra, a reflexão sobre novos paradigmas de desenvolvimento Por Sucena Shkrada Resk* A expressão “em tempos de #Covid19 ou de #Coronavírus tem se fixado em nossas mentes para definir o atual momento histórico em que vivemos nos últimos meses. Este ano de 2020 definitivamente é...
07/04/2020 14:31

Parte 3: A Covid 19 e os desafios de nossos defensores no front de batalha

Neste Dia Mundial da Saúde (07/04), fica o alerta em defesa de nossos profissionais da área da saúde Por Sucena Shkrada Resk* A batalha contra a Covid-19 está resultando em muitas baixas no front, em todo o mundo. No município de São Paulo, o médico socorrista Paulo Fernando, 56 anos; o enfermeiro...
30/03/2020 10:30

Parte 2: A espiral do novo coronavírus expõe a janela da fragilidade aberta no Antropoceno

Com a pandemia da Covid-19, somos obrigados a descobrir novos caminhos para a humanidade Por Sucena Shkrada Resk* Existem algumas guerras que não são estruturadas com armamentos bélicos e que são tão devastadoras quanto a estes conflitos geopolíticos que têm assolado a humanidade, como a 1ª e 2ª...
10/03/2020 10:36

Um tipo de pressão transversal de obsolescência programada ronda unidades de conservação marinha brasileiras?

Legislação do SNUC pode ser colocada em xeque, se UCs marinhas forem expostas à maior vulnerabilidade  Por Sucena Shkrada Resk* Após duas décadas da criação do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC - LEI 9.985/2000), o Brasil se depara hoje com a possibilidade de...
03/03/2020 16:20

Água: no eixo central nos cenários de conflito no mundo

Por Sucena Shkrada Resk* A água, apesar de ser um direito humano, tem sido menosprezada através dos séculos no planeta. Experiências que exemplificam este extremo são vivenciadas diariamente por meio de conflitos contemporâneos com relação aos recursos hídricos, cada vez mais escassos, em nações...
27/02/2020 13:22

Pela quarta vez, é prorrogado prazo de obrigatoriedade dos Planos Municipais de Saneamento no Brasil

A falta de comprometimento efetivo com a infraestrutura ainda é um desafio na esfera de mais da metade dos governos locais. Novo prazo estabelecido pelo Governo Federal é 31 de dezembro de 2022. Sucena Shkrada Resk* Cumprimento de prazos, eis um “calcanhar de aquiles” na agenda de políticas...
19/02/2020 17:02

Brasil ocupa o primeiro lugar em casos de dengue nas Américas

Cenário exige campanhas permanentes para combater criadouros do vetor Aedes aegypti Por Sucena Shkrada Resk* Quando a pauta é saúde ambiental, o Brasil tem trilhado uma linha tênue e perigosa, nos quesitos precaução, prevenção e efetividade, desde a esfera municipal à federal, quando se trata da...
14/02/2020 10:40

Antártica, 20 graus: o continente gelado emite sinal de alerta

Registro de recorde não é motivo de celebração Por Sucena Shkrada Resk* Nem sempre os recordes são sinais de celebração. O que dizer, então, sobre o registro da temperatura de 20,75 graus C na Ilha Seymour, na Antártica, no último dia 9 de fevereiro? É bom frisar – GRAUS POSITIVOS, no continente...
13/02/2020 16:09

Gafanhotos-do-deserto expõem os extremos da crise climática na África

Situação atual em vários países do continente é avaliada como sem precedentes, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) Por Sucena Shkrada Resk* A palavra “extremo” permite resumir o quadro complexo e caótico que países da África Oriental estão vivenciando desde dezembro do ano passado e que...
12/02/2020 14:28

Adaptação à Mudança do Clima: do papel à ação, uma longa distância

Reflexo de temporal em SP, nesta semana, abre uma discussão importante sobre o papel do planejamento urbano Por Sucena Shkrada Resk*  Vocês já devem ter ouvido dizer pelo menos uma vez que o Brasil é um dos países com maior arcabouço legal na área socioambiental. Isso não quer dizer,...
04/02/2020 12:41

“Eu quero minha história de volta”, diz ex-moradora de Paracatu de Baixo, MG

Desabafo ocorre sobre recordações dos impactos do rompimento de duas barragens de rejeito da Samarco Por Sucena Shkrada Resk*, em Mariana (MG) “Levaram embora nossa história, eu não me sinto feliz”. Com esta frase, M.C.S., 45 anos, antiga moradora da comunidade de Paracatu de Baixo, subdistrito a...

© 2020 Todos os direitos reservados.

Blog Cidadãos do Mundo-jornalista Sucena Shkrada Resk