O simbolismo do adeus à Sudan, o último rinoceronte-branco do norte (macho) do planeta!

04/04/2018 13:27

Por Sucena Shkrada Resk

Foto de divulgaçãoO ancião Sudan, no alto dos seus 45 anos e cerca de 2,3 mil quilos e 1,82m de altura, não venceu a batalha que travava contra uma infecção que atingiu sua pata direita traseira, no mês de março. O último exemplar macho de rinoceronte-branco do norte do planeta foi submetido a uma eutanásia, que foi a opção considerada mais viável pelos veterinários que tratavam dele no Ol Pejeta Conservancy, área de proteção no Quênia, no continente africano. A sua morte, no entanto, simboliza muito mais. Significa o peso da pressão predatória praticada pelo ser humano contra diferentes espécies de fauna, ao longo de centenas de anos e a resiliência de um sobrevivente, que conseguiu ter uma trajetória de vida surpreendente.

O imponente mamífero conseguiu fugir das estatísticas de vítimas fatais de caçadores, ao ser transferido décadas atrás ao zoo de Dvůr Králové, só retornando ao seu habitat mais recentemente, pouco antes da sua morte. Para se ter uma ideia, nos anos 70, eram encontrados somente cerca de 500 exemplares dessa subespécie de mamífero. O interesse pelos chifres desses animais em um mercado clandestino principalmente asiático teve um poder devastador de destruição.

Hoje restam apenas duas fêmeas - Najin, filha de Sudan, e Fatu, sua neta. Pesquisadores tentam viabilizar por meio de informações genéticas (sêmen) de Sudan ou de rinocerontes-brancos do sul, a inseminação artificial e, com isso, a possibilidade de que haja a gestação de embriões em uma reprodução assistida. A chance de êxito é considerada mínima e o custo do procedimento é alto, exigindo angariar recursos. Outro parente desta espécie, o rinoceronte-negro do Oeste Africano também foi extinto em 2011.

Um giro pelo mundo

Na lista vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) 2017, há atualmente na lista de fauna, 748 possivelmente extintas. No Brasil, as baixas de espécies endêmicas são principalmente de aves. De acordo com os cientistas, não teremos oportunidade de ver mais a coruja caburé-de-pernambuco (Glaucidium mooreorum); a ave gritador-do-nordeste (Cichlocolaptes mazarbarnetti), a ave limpa-folha-do-nordeste (Philydor novaesi); a perereca-verde-da-fímbria, (Phrynomedusa fimbriata); o roedor rato-de-fernando-de-noronha (Noronhomys vespuccii).

Sexta extinção em massa

A história desses animais nos remete ao anúncio do encaminhamento da sexta extinção de espécies em massa relatado por inúmeros cientistas. No processo evolutivo da Terra, em quatro bilhões de anos, já ocorreram as cinco anteriores que, entretanto, eram atribuídas a causas naturais, como do impacto do meteorito a 66 milhões de anos. Agora, o ser humano está na função central de vilão. Nos últimos 518 anos, estima-se que 322 espécies foram extintas e o processo se acelera cada vez mais. Mudanças climáticas, desmatamento, guerras, ações predatórias de caça se somam na lista de ações que acarretam este crescente declínio.

Notícias positivas de programas e projetos de reintrodução de algumas espécies na natureza e aumento de exemplares existem, mas são processos mais difíceis e morosos, que não substituem o principal: a cultura da conservação permanente. No Brasil, segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Bidiversidade (ICMBio), há exemplos de iniciativas relacionadas ao lobo-guará, à onça-pintada, o pato-mergulhão e ao peixe-boi, entre outras. A esperança é que esses animais tenham uma sobrevida por centenas de anos, chance que não está sendo dada aos rinocerontes e outras espécies por causa do modelo de desenvolvimento que adotamos no planeta.

Veja também no Blog Cidadãos do Mundo – jornalista Sucena Shkrada Resk:
29/10/2014 - Especial Biodiversidade parte 2 : declínio de espécies ecoa alerta 
15/10/2014 - Especial Biodiversidade (Parte 1): Protocolo de Nagoya passa a valer, sem o Brasil
16/09/2014 - Especial Desenvolvimento Sustentável (Parte 3): de olho na justiça climática
12/09/2014 - Especial - Desenvolvimento Sustentável: como sair do círculo dos gabinetes?
29/08/2014 - Alerta vermelho ao estado de conservação da biodiversidade costeira e marinha brasileira
15/04/2012 - Inhotim: arte e verde superam mineração do entorno
07/10/2011 -Russell Mittermeier-p1: foco em conservação das espécies e áreas protegidas
01/11/2010 - COP10-Biodiversidade: cartas colocadas à mesa
27/08/2010  -Diferentes olhares sobre a biodiversidade
*Blog Cidadãos do Mundo - jornalista Sucena Shkrada Resk
 

Pesquisar no site

Blog

30/07/2012 15:48

Quanto da Mata Atlântica matamos dentro e fora de nós?, por Sucena Shkrada Resk

Mais de 120 milhões de pessoas vivem na Mata Atlântica (https://www.mma.gov.br/biomas/mata-atlantica), que ocupa 1.315.460 km2 em 17 estados, do PI ao RS (correspondente a praticamente o tamanho do País de Gales), num país de quase 192 milhões de pessoas. Essa região representa 70% do Produto...
27/07/2012 10:23

Paranapiacaba: uma leitura para sua conservação, por Sucena Shkrada Resk

Paranapiacaba, em Santo André, é um dos destinos ao qual mais gosto de retornar até hoje, desde 2002, quando a "descobri", como repórter do Diário do Grande ABC (onde trabalhava à época até 2005). A cada matéria feita por lá, voltava impregnada de história e certa da importância de sua...
24/07/2012 14:17

Coleta seletiva: na busca da compreensão do caminho das pedras em SCS, por Sucena Shkrada Resk

Há alguns anos, em São Caetano do Sul, é realizada a coleta seletiva, com coletores distribuídos pela cidade, onde rotineiramente levo os resíduos recicláveis de minha casa, além do recolhimento porta a porta em alguns bairros, de forma gradativa. Mas falta informação quanto ao destino desse...
10/07/2012 17:08

Copacabana sob a perspectiva de Nazaré, uma de suas mais antigas moradoras, por Sucena Shkrada Resk

Copacabana completou 120 anos e tem algo peculiar e inspirador, que chama a atenção, além da beleza de sua praia, eternizada pela Bossa Nova, e o charme de suas construções. São as conquistas de sua população da maior idade, de sua gente. Estima-se que um a cada três moradores de lá está nesta...
04/07/2012 16:42

O pensamento ecologizado de Edgar Morin, por Sucena Shkrada Resk

Depois de uma hora e meia de imersão nas palavras do filósofo e educador francês Edgar Morin, no lumiar dos seus 91 anos, na noite de ontem (3), renovei as minhas esperanças na capacidade humana de transformar os caminhos do planeta. O vigor de seu pensamento, que trafega de forma inclusiva e...
03/07/2012 11:56

Cúpula dos Povos: um olhar indígena para além do Brasil, por Sucena Shkrada Resk

“Acho que falta troca; se cada um passasse para o outro (conhecimento, auxílio...), não existiria fome no mundo”. Com esse pensamento simples, direto e até desconcertante, o jovem índio xinguano Mataripé Trumai Waurá me falou de seu anseio em relação aos caminhos do planeta, no dia 20 de junho. Ele...
29/06/2012 13:06

Pós-Rio+20: ao sair da bolha, o trabalho continua, por Sucena Shkrada Resk

Alguns dias se passaram após regressar do Rio de Janeiro, no dia 24, onde trabalhei desde o dia 15, na cobertura da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) e parte da Cúpula dos Povos na Rio+20 por Justiça Social e Ambiental. Levei esse tempo para “assimilar” e...
26/06/2012 10:27

Rio+20 e Cúpula dos Povos em imagens, por Sucena Shkrada Resk

Na jornada diária de cobertura jornalística e de momentos "cidadãos" na Conferência das Partes sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) e da Cúpula dos Povos na Rio+20 por Justiça Social e Ambiental, fiz alguns registros de imagens para que um dia, se a memória falhar, possa resgatar esses...
25/06/2012 22:40

Rio+20 & Cúpula dos Povos - momentos intensos de trabalho, por Sucena Shkrada Resk

A fase que antecedeu a Conferência das Partes sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) e a Cúpula dos Povos na Rio+20 por Justiça Social e Ambiental foi intensa e a cobertura à trabalho, de 15 a 23 de junho, no Rio de Janeiro, também exigiu imersão e dedicação exclusivas. Ao mesmo tempo, foram...
14/06/2012 22:45

Rio+20: Relatório reforça a necessidade da inclusão no conceito de Economia Verde, por Sucena S.Resk

Foi lançado hoje (14), na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), o relatório Construindo uma Economia Verde Inclusiva para Todos . O documento é resultado de trabalho da Parceria Pobreza e Ambiente (PEP, da sigla em inglês), que é uma rede bilateral de agências de...
14/06/2012 11:30

Rio+20/CúpuladosPovos: o presente e futuro que fazemos, por Sucena Shkrada Resk

A maioria dos discursos em torno da Rio+20 e da Cúpula dos Povos e de nossas próprias expectativas se remete sempre ao futuro...Às vezes, penso que essa palavra se tornou, de certa forma, uma armadilha semântica. Afinal, o futuro depende do presente e do passado, isso é fato, e não hipótese. E as...
07/06/2012 20:34

Rumo à Rio+20: o valor oculto da água, por Sucena Shkrada Resk

Acesso à água: um direito humano. A Declaração Universal dos Direitos à Água será respeitada na Rio+20?... O 6º Fórum Mundial da Água foi realizado em Marselha, na França, entre 12 e 17 de março de 2012, e reuniu representantes de agências da ONU, ministros, prefeitos, legisladores e...
07/06/2012 18:02

Rumo à Rio +20 - O direito à comunicação, por Sucena Shkrada Resk

*O texto abaixo - "A Comunicação é um direito fundamental para alcançar a sustentabilidade" escrevi como contribuição à Carta de Brasília do Encontro Latino-Americano de Mulheres - Rio+20 Planeta Mulher - www.terraumplanetamulher.org, realizado em Brasília, entre 04 e 06 de junho deste ano, pelo...
04/06/2012 17:45

Pensata - Bibi Ferreira: exemplo de longevidade, por Sucena Shkrada Resk

O ato de "reclamar" sem seguir no caminho de contrapropostas torna cada vez mais constante na sociedade moderna, fazendo com que a proatividade para que as mudanças aconteçam perca espaço, nesse duelo de forças. Mas nem tudo está perdido. Uma fonte de inspiração para renovações de discursos é a...
26/05/2012 00:29

Arte se inspira nas inscrições rupestres da Serra da Capivara, por Sucena Shkrada Resk

#Detalhes_do_cotidiano - Hoje eu trouxe um pouquinho do Piauí para casa. A frase parece estranha, mas é verdade rs. Fui a um shopping em SP, o que num primeiro momento parece uma ação tipicamente consumista, mas que teve um toque diferenciado para mim. Eu me deparei com uma mostra de trabalhos...
23/05/2012 17:59

Riomais20 - Como tratará da realidade da África Subsaariana?, por Sucena Shkrada Resk

Quando nos voltamos, em especial, para a África Subsaariana, a questão é muito clara - Mais de um em quatro dos 856 milhões de habitantes estão subnutridos e dois terços dessa população vivem da terra. Isso ocorre mesmo com avanços "econômicos" registrados em alguns países do continente. Como essa...
23/05/2012 10:57

Nota: Saneamento está interligado a outras infraestruturas, por Sucena Shkrada Resk

A pesquisa “A percepção do brasileiro quanto ao saneamento básico e a responsabilidade do poder público” foi divulgada ontem, pelo Trata Brasil - IBOPE. Ao todo, foram realizadas 1.008 entrevistas em 26 grandes cidades do país, com população acima de 300 mil habitantes, e em todas as regiões. Ao...
22/05/2012 19:56

Nota: #RumoàRioMais20: Obra trata da resiliência & sustentabilidade, por Sucena Shkrada Resk

O Relatório "Povos Resilientes - Planeta Resiliente: Um futuro digno de Escolha" (https://www.onu.org.br/docs/gsp-resumo.pdf ), lançado pelo Painel de Alto Nível do Secretário Geral das Nações Unidas sobre Sustentabilidade Global, apresenta um total de 56 itens. Entre as propostas, está a criação...
22/05/2012 19:22

Rumo à Rio+20:Oceano é tema de livro no Dia Internacional da Biodiversidade, por Sucena Shkrada Resk

Hoje (22), em comemoração ao Dia Internacional da Biodiversidade, foi lançado o livro "One Ocean Many Worlds of Life" (Um oceano: muitas palavras, muita vida), pela Organização das Nações Unidas (ONU). A versão digital (em inglês), com 80 páginas, está publicada no site:...
20/05/2012 19:09

RumoàRioMais20 - Game simula ambiente real de decisões políticas, por Sucena Shkrada Resk

Foi lançado, nesta semana, sob encomenda do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), o "Game Change Rio" na plataforma do facebook (com versão em português), que tem como mote, os desafios da "economia verde" e da escolha de políticas para a sustentabilidade, como se o participante...

© 2018 Todos os direitos reservados.

Blog Cidadãos do Mundo-jornalista Sucena Shkrada Resk