O simbolismo do adeus à Sudan, o último rinoceronte-branco do norte (macho) do planeta!

04/04/2018 13:27

Por Sucena Shkrada Resk

Foto de divulgaçãoO ancião Sudan, no alto dos seus 45 anos e cerca de 2,3 mil quilos e 1,82m de altura, não venceu a batalha que travava contra uma infecção que atingiu sua pata direita traseira, no mês de março. O último exemplar macho de rinoceronte-branco do norte do planeta foi submetido a uma eutanásia, que foi a opção considerada mais viável pelos veterinários que tratavam dele no Ol Pejeta Conservancy, área de proteção no Quênia, no continente africano. A sua morte, no entanto, simboliza muito mais. Significa o peso da pressão predatória praticada pelo ser humano contra diferentes espécies de fauna, ao longo de centenas de anos e a resiliência de um sobrevivente, que conseguiu ter uma trajetória de vida surpreendente.

O imponente mamífero conseguiu fugir das estatísticas de vítimas fatais de caçadores, ao ser transferido décadas atrás ao zoo de Dvůr Králové, só retornando ao seu habitat mais recentemente, pouco antes da sua morte. Para se ter uma ideia, nos anos 70, eram encontrados somente cerca de 500 exemplares dessa subespécie de mamífero. O interesse pelos chifres desses animais em um mercado clandestino principalmente asiático teve um poder devastador de destruição.

Hoje restam apenas duas fêmeas - Najin, filha de Sudan, e Fatu, sua neta. Pesquisadores tentam viabilizar por meio de informações genéticas (sêmen) de Sudan ou de rinocerontes-brancos do sul, a inseminação artificial e, com isso, a possibilidade de que haja a gestação de embriões em uma reprodução assistida. A chance de êxito é considerada mínima e o custo do procedimento é alto, exigindo angariar recursos. Outro parente desta espécie, o rinoceronte-negro do Oeste Africano também foi extinto em 2011.

Um giro pelo mundo

Na lista vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) 2017, há atualmente na lista de fauna, 748 possivelmente extintas. No Brasil, as baixas de espécies endêmicas são principalmente de aves. De acordo com os cientistas, não teremos oportunidade de ver mais a coruja caburé-de-pernambuco (Glaucidium mooreorum); a ave gritador-do-nordeste (Cichlocolaptes mazarbarnetti), a ave limpa-folha-do-nordeste (Philydor novaesi); a perereca-verde-da-fímbria, (Phrynomedusa fimbriata); o roedor rato-de-fernando-de-noronha (Noronhomys vespuccii).

Sexta extinção em massa

A história desses animais nos remete ao anúncio do encaminhamento da sexta extinção de espécies em massa relatado por inúmeros cientistas. No processo evolutivo da Terra, em quatro bilhões de anos, já ocorreram as cinco anteriores que, entretanto, eram atribuídas a causas naturais, como do impacto do meteorito a 66 milhões de anos. Agora, o ser humano está na função central de vilão. Nos últimos 518 anos, estima-se que 322 espécies foram extintas e o processo se acelera cada vez mais. Mudanças climáticas, desmatamento, guerras, ações predatórias de caça se somam na lista de ações que acarretam este crescente declínio.

Notícias positivas de programas e projetos de reintrodução de algumas espécies na natureza e aumento de exemplares existem, mas são processos mais difíceis e morosos, que não substituem o principal: a cultura da conservação permanente. No Brasil, segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Bidiversidade (ICMBio), há exemplos de iniciativas relacionadas ao lobo-guará, à onça-pintada, o pato-mergulhão e ao peixe-boi, entre outras. A esperança é que esses animais tenham uma sobrevida por centenas de anos, chance que não está sendo dada aos rinocerontes e outras espécies por causa do modelo de desenvolvimento que adotamos no planeta.

Veja também no Blog Cidadãos do Mundo – jornalista Sucena Shkrada Resk:
29/10/2014 - Especial Biodiversidade parte 2 : declínio de espécies ecoa alerta 
15/10/2014 - Especial Biodiversidade (Parte 1): Protocolo de Nagoya passa a valer, sem o Brasil
16/09/2014 - Especial Desenvolvimento Sustentável (Parte 3): de olho na justiça climática
12/09/2014 - Especial - Desenvolvimento Sustentável: como sair do círculo dos gabinetes?
29/08/2014 - Alerta vermelho ao estado de conservação da biodiversidade costeira e marinha brasileira
15/04/2012 - Inhotim: arte e verde superam mineração do entorno
07/10/2011 -Russell Mittermeier-p1: foco em conservação das espécies e áreas protegidas
01/11/2010 - COP10-Biodiversidade: cartas colocadas à mesa
27/08/2010  -Diferentes olhares sobre a biodiversidade
*Blog Cidadãos do Mundo - jornalista Sucena Shkrada Resk
 

Pesquisar no site

Blog

23/11/2014 17:17

Os resíduos nossos de cada dia no Brasil e a relação com as mudanças climáticas

Do total de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEEs) no país, 4% são provenientes dessa fonte principalmente por causa da presença de lixões e da falta de estrutura de saneamento Por Sucena Shkrada Resk O estudo "Sistema de Estimativa de Emissões de Gases de Efeito Estufa (SEEG 2.0)-edição 2014",...
18/11/2014 18:19

Pantanal: um bioma rico em serviços ecossistêmicos

crédito da foto: Sucena Shkrada Resk Reconhecimento do seu valor existe, mas a pressão ainda é muito maior Por Sucena Shkrada Resk Reconhecer o valor é o primeiro passo. Neste quesito, o Pantanal matogrossense – cujo dia foi celebrado em 12 de novembro - ganha visibilidade mundial ao longo do...
14/11/2014 16:50

Crise hídrica estimula protagonismo da sociedade

Campanhas e mobilizações começam a se multiplicar Por Sucena Shkrada Resk Dizem que momentos de crise podem fazer com que descubramos o ‘nosso melhor’. A afirmação tem fundamento, quando vimos o reflexo do exercício de cidadania crescente ao contexto da prolongada estiagem, a pior dos últimos 80...
13/11/2014 12:41

Manoel de Barros: o descobridor de memórias fósseis

Poeta pantaneiro falece aos 97 anos e deixa sua poesia rica em humanidade e vivência próxima à natureza Por Sucena Shkrada Resk “...A terapia literária consiste em desarrumar a linguagem a ponto que ela expresse nossos mais fundos desejos. Quero a palavra que sirva na boca dos passarinhos......
12/11/2014 17:07

Justiça socioambiental: um grande gargalo no Brasil

País é considerado o mais perigoso para os ativistas e o registro de mortes tem aumentado nos últimos anos Por Sucena Shkrada Resk O povo Guarani-Kaiowá está em luto. Mais uma representante da etnia foi brutalmente assassinada no último dia 31 de outubro, em Dourados, MS. Marinalva Manoel Kaiowá,...
04/11/2014 15:13

Decisões geopolíticas definem o caminho das mudanças climáticas

Caso continue o desenvolvimento pautado pelos combustíveis fósseis e pelo desmatamento, se desenha o pior cenário até o fim do século; posição brasileira é estratégica neste desafio Por Sucena Shkrada Resk Tudo junto, tudo misturado. Até onde vai a extensão da postura geopolítica mundial e sua...
29/10/2014 21:16

Especial Biodiversidade (Parte 2): declínio de espécies ecoa alerta

Situação está interligada com a pegada ecológica do ser humano e consequentemente ao quadro crescente das mudanças climáticas Por Sucena Shkrada Resk A fauna presente na América Latina está declinando nas últimas quatro décadas de forma ascendente, mais que em todo o globo. O silêncio começa a...
20/10/2014 17:24

Encheremos um balde d`água?

Escassez hídrica não pode ser colocada na conta de “São Pedro” Por Sucena Shkrada Resk As nascentes do São Francisco (MG) estão praticamente secas, colocando em risco a existência do rio da integração nacional, que já sofre em toda sua extensão. O Paraíba do Sul, que abastece (RJ, SP e MG), está...
16/10/2014 14:26

Guaranis-Kaiowás resistem à dinâmica da desigualdade, mas até quando?

Povo indígena tenta ser ouvido por autoridades Por Sucena Shkrada Resk Ter o direito de se expressar e se fazer ouvido e assistido em suas reivindicações pelas instâncias deliberativas brasileiras, desde os Governos federal e estadual à esfera judicial. Esse anseio tem sido manifestado pelo povo...
15/10/2014 18:05

Especial Biodiversidade (Parte 1): Protocolo de Nagoya passa a valer, sem o Brasil

País não ratificou o documento no Congresso Nacional Por Sucena Shkrada Resk Agora está oficialmente validado internacionalmente. Desde o dia 12 de outubro, entrou em vigor o Protocolo de Nagoya sobre Acesso a Recursos Genéticos e a Partilha Equitativa Justa dos Benefícios Decorrentes da sua...
13/10/2014 14:47

Uma paquistanesa e um indiano num propósito em comum: o direito à infância digna

Ativistas, vencedores do Nobel da Paz, dão voz àqueles que são oprimidos Por Sucena Shkrada Resk O universo geopolítico é marcado por cisões de décadas que comprometem a qualidade de vida de suas populações, mas dois cidadãos conseguiram unir dois países separados, desde 1947, pelo menos, neste...
03/10/2014 19:16

O ‘Velho Chico’ tem sede

As nascentes do rio da integração nacional estão secando e a bacia carece de medidas de longo prazo Por Sucena Shkrada Resk Sedento. Assim está o ‘Velho Chico’. Nascentes no Parque Nacional da Serra da Canastra, na região do Alto São Francisco, em Minas Gerais, estão praticamente secas. Ao longo...
02/10/2014 15:14

Especial Desenvolvimento Sustentável (Parte 8): o Haiti não pode ser esquecido

Crédito da foto: Ivan Munox/Intermon_Oxfam Este país é o que mais necessita de apoio internacional hoje nas Américas Por Sucena Shkrada Resk Entre o mar do Caribe e o oceano Atlântico, ao lado da República Dominicana, lá está o Haiti. Este país insular, com 27,7 mil km2 (tamanho equivalente ao...
01/10/2014 10:49

Especial Desenvolvimento Sustentável (Parte 7): o direito dos povos indígenas

Em Conferência Mundial, povos reforçam a necessidade de assegurar o que já é acordado em documentos internacionais, e no Brasil, há mobilizações para defender demarcações e segurança dos índios Por Sucena Shkrada Resk Declarações, convenções internacionais e leis nacionais não são suficientes para...
30/09/2014 16:09

Especial Desenvolvimento Sustentável (Parte 6): a longevidade diz muito

Qualidade de vida e felicidade são componentes que revelam as prioridades de políticas públicas Por Sucena Shkrada Resk Diga a verdade! Tem muita gente que quer saber o segredo das japonesas e dos islandeses, não é? Eu me incluo, neste contingente de curiosos. Afinal, segundo o Relatório Mundial da...
29/09/2014 16:49

Especial Desenvolvimento Sustentável (Parte 5): a Cúpula do Clima e a posição polêmica brasileira

País não assina a declaração mundial de países para atingir o desmatamento zero até 2030 Por Sucena Shkrada Resk Receio de quê? Esta é a primeira pergunta que vem à mente diante do posicionamento do Brasil em não assinar a declaração mundial resultante da Cúpula do Clima das Nações Unidas, com...
26/09/2014 15:09

Aristides Almeida Rocha: um olhar atento ao saneamento ambiental

  Especialista fala dos conceitos a ações e orientações práticas de soluções para corpos d´água importantes, como o rio Tietê, em São Paulo Por Sucena Shkrada Resk Praticamente meio século. Esta é a trajetória de Aristides Almeida Rocha, doutor em Ciências Biológicas, que durante a sua vida...
22/09/2014 18:04

Rio Tietê: um insistente subversivo

Por Sucena Shkrada Resk Hoje (22/09) é dia dele, de um dos rios mais ‘subversivos’ e com usos múltiplos brasileiros. Quem vê essa expressão, pode estranhar, mas já vou explicar. O adjetivo se aplica perfeitamente ao rio Tietê, que por aquelas condições que só a natureza explica, segue ao interior...
22/09/2014 10:27

Especial – Desenvolvimento Sustentável (Parte 4): caminhada pelo clima, sociedade quer ser ouvida

Crédito das fotos: Sucena Shkrada Resk  Por Sucena Shkrada Resk As pessoas foram chegando pouco a pouco e por volta das 15h do domingo, lá estavam cerca de 50 brasileiros e estrangeiros, entre crianças e adultos, que se deslocaram de diferentes pontos da Grande São Paulo, até o vão do Museu...
16/09/2014 16:21

Especial - Desenvolvimento Sustentável (parte 3): de olho na justiça climática

Por Sucena Shkrada Resk As mudanças climáticas há muitas décadas deixaram de ser objeto de ‘análise’ somente circunscrito ao universo de grupo de cientistas ou especialistas e são refletidas, de forma concreta, na realidade de cada um de nós e em especial, na situação vivenciada pelos refugiados...

© 2018 Todos os direitos reservados.

Blog Cidadãos do Mundo-jornalista Sucena Shkrada Resk