Guerra na Síria: todo o peso da expressão “infância roubada” sobre mais de 5 milhões de crianças

21/01/2020 13:12

Por Sucena Shkrada Resk*

Este é um dos exemplos mais cruéis de obstáculos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODSs), que se multiplica em outras nações no mundo

Crianças sírias na guerra. Crédito da foto: Unicef/RomenziQuando observamos atentamente as consequências dos oito anos e meio da devastadora Guerra na Síria, alguns dos pontos mais nevrálgicos impostos pela violência aos direitos humanos são expostos nos impactos a um universo superior a 5 milhões de crianças. Muitas tiveram suas vidas abreviadas e milhares carregarão sequelas permanentes físicas e psicológicas, além da orfandade precoce. Esta situação também se repete em outras nações em conflito e guerras, como Afeganistão, Israel-Palestina, Iêmen, Iraque, Líbia, Nigéria, República Democrática do Congo, Somália e Sudão do Sul. De acordo com a organização não governamental Save The Children, uma em cada cinco crianças no mundo vive em meio à guerra, o maior registro em duas décadas.

Este contingente de meninos e meninas é privado de todos os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU), destacando a erradicação da pobreza; fome zero; boa saúde e bem-estar; educação de qualidade. Que horizonte terão até 2030?

O relatório “Eles apagaram os sonhos dos meus filhos”, da Comissão Internacional Independente de Inquérito sobre a Síria, lançado nesta semana, traz este cenário de violações que são evidência de agressão total ao Direito Internacional e pode ser classificado de crime hediondo, dado o grau de barbárie em todos estes anos.

A comissão integra o sistema da Organização das Nações Unidas (ONU), que é presidido atualmente pelo professor brasileiro Paulo Sérgio Pinheiro. A expressão “infância roubada” utilizada no documento tem um simbolismo significativo e retrata uma das maiores catástrofes humanitárias do século XXI.

“...As violações na Síria são enormes. Primeiro porque muitas crianças são presas arbitrariamente, torturadas, submetidas a violações de ordem sexual, tanto os meninos quanto às meninas, mas também outros crimes, como o casamento precoce das meninas, obrigadas a casar com maridos incrivelmente mais velhos”, relata Pinheiro. O título do relatório se refere a uma citação em uma entrevista de 2012 com uma mulher narrando ataques à sua aldeia em Idlib.

O documento é resultado da apuração de cinco mil entrevistas realizadas com crianças e adultos entre o período de setembro de 2011 e outubro de 2019. Entre as inúmeras constatações, está o uso de armas químicas, munições de fragmentação e bombas por forças pró-governo.

O mini-documentário “Crianças Sírias Explicam a Guerra”, da BBC, em 2016 ainda é muito atual e expõe as falas de meninos e meninas, que revelam pelo olhar e suas memórias e perspectivas, o quanto uma guerra pode roubar a infância.

Esta gama de atrocidades tem provocado sucessivos deslocamentos internos dessas crianças. Nesta imposição da violência física e psicológica, são privadas do direito de estudar, pois milhares de escolas foram destruídas. Estima-se que pelo menos, 2,1 milhões estão fora da sala de aula; de brincar ou melhor, de ser criança, pois são utilizadas para fins militares.

De acordo com o Unicef, braço para a o direito da infância da ONU, existe um contingente próximo de 28 mil crianças de 60 nacionalidades, sendo a maior parte do Iraque, que também estão em acampamentos de deslocados em território sírio. Uma grande parte está separada de seus familiares.

No Iêmen, a situação da vulnerabilidade infantil também é gritante. O Unicef alerta que mais de 15 milhões de crianças precisam de ajuda humanitária. O país segue para o quinto ano de conflito e já registra a morte e/ou ferimento de cerca de 8 mil crianças. Um caos de perspectiva futura. Uma dessas constatações é que 2,5 milhões - metade das crianças do país com menos de 5 anos – estão com o crescimento atrofiado, o que é considerado irreversível e mais de 2 milhões de crianças estão fora da escola.

Esta crise humanitária expõe as vísceras de regimes despóticos e totalitários e um cenário geopolítico ainda baseado na detenção do poder pela força, calcado no maciço investimento bélico e no apoio de potências antagônicas, que têm interesse nessas regiões, por inúmeros fatores. Entre eles, o petróleo e interesses comerciais de commodities, além de disputas territoriais. Ao mesmo tempo, reflete, em muitos casos, conflitos históricos, que misturam questões culturais e religiosas e muitas vezes, que se acentuam com a xenofobia. Este é o presente e o futuro que queremos para as novas gerações?

*Sucena Shkrada Resk - jornalista, formada há 28 anos, pela PUC-SP, com especializações lato sensu em Meio Ambiente e Sociedade e em Política Internacional, pela FESPSP, e autora do Blog Cidadãos do Mundo – jornalista Sucena Shkrada Resk (https://www.cidadaosdomundo.webnode.com), desde 2007, voltado às áreas de cidadania, socioambientalismo e sustentabilidade.

obs: crédito da foto: Unicef/Romenzi

Veja também no Blog Cidadãos do Mundo – jornalista Sucena Shkrada Resk:
17/06/2018 – Refugiados: uma situação que reflete o modelo de desenvolvimento de uma humanidade adoecida
18/12/2016 – Guerra na Síria: o retrato da desumanização no século XXI
01/07/2014 – Uma relação humana mundial a ser repensada: número de refugiados aumenta
09/03/2014 - Uma Ucrânia remexida em suas raízes
16/02/2014 - Os seres humanos que roubam sonhos
21/09/2012 - Refugiados: o quanto compreendemos dessa realidade?

Pesquisar no site

Blog

02/07/2020 16:33

Parte 19: O ônus de não se dar a efetiva atenção à saúde indígena, em tempos de Covid-19

O antropólogo Adelino Mendez faz uma imersão sobre o atual momento vivido pelos povos indígenas. Esta é a terceira e última entrevista desta primeira série sobre saúde indígena, em tempos de pandemia, do Blog Cidadãos do Mundo Por Sucena Shkrada Resk* Como ficarmos alheios a um momento tão crítico...
01/07/2020 16:24

Parte 18: Uma leitura sobre o luto indígena, em tempos de pandemia

Em entrevista ao Blog Cidadãos do Mundo, o escritor e educador Daniel Munduruku fala sobre um dos momentos mais complexos vividos por povos indígenas frente ao novo coronavírus, Este depoimento é o segundo na série de três entrevistas sobre a saúde indígena, no contexto da Covid19 Por Sucena...
30/06/2020 14:39

Parte 17: A saúde indígena no centro da pauta, em tempos de Covid-19

Em entrevista ao Blog Cidadãos do Mundo, Angela Amanakwa kaxuyana, coordenadora-tesoureira da COIAB, expõe a situação crítica vivenciada pelos povos indígenas na Amazônia frente à pandemia. Esta é a primeira de uma série de três entrevistas no blog a respeito desta pauta. Por Sucena Shkrada...
29/06/2020 16:31

Parte 16 – Quais são as prioridades ambientais no Congresso Nacional, em tempos de pandemia da Covid-19?

O deputado federal Rodrigo Agostinho, coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista e da Comissão de Meio Ambiente, expõe o panorama atual, em entrevista ao Blog Cidadãos do Mundo Por Sucena Shkrada Resk* A pauta socioambiental é cada vez mais transversal e em tempos de pandemia, tem ganhado...
26/06/2020 12:31

Parte 15: Novo marco regulatório conseguirá resolver os gargalos do saneamento de décadas, agravados com a pandemia da Covid-19?

A falta de acesso à água potável e a esgotamento sanitário ainda atinge milhares de brasileiros Por Sucena Shkrada Resk* Estabelecimento e cumprimento de prazos na área de infraestrutura estão longe do ideal no Brasil. O exemplo clássico, que se estende por décadas, é do saneamento básico. Prova...
20/06/2020 11:42

Direito à educação: Malala se forma em Oxford e comemoração ultrapassa fronteiras

A ativista paquistanesa, que luta pelo direito do acesso à educação, em especial, feminino, marca mais um capítulo em sua trajetória inspiradora Por Sucena Shkrada Resk* A jovem ativista paquistanesa Malala Yousafzai, 22 anos, se formou em Política, Economia e Filosofia, pela Universidade de...
19/06/2020 13:01

Parte 14: a relação da conservação dos oceanos com a Covid-19

Nas profundezas da imensidão azul, se encontram respostas sobre o novo coronavírus que vão além de seu papel prioritário para a regulação climática e para a subsistência humana Por Sucena Shkrada Resk*  Enquanto nossa sociedade mundialmente enfrenta a realidade imposta pela pandemia da...
12/06/2020 11:58

Parte 13: Brasil participa da última fase clínica de testes em humanos de vacinas contra Covid-19

Iniciativas são fruto de parcerias com Universidade de Oxford e com indústria farmacêutica chinesa Por Sucena Shkrada Resk* Um dos centros de pesquisa mundiais em estágio mais avançado quanto à vacina contra a Covid-19, é a Universidade de Oxford, no Reino Unido, que já se encontra nos testes da 3ª...
05/06/2020 08:00

Dia Mundial do Meio Ambiente: Onde se planta jornalismo floresce democracia

Veículos e jornalistas da mídia ambiental brasileira se unem em defesa da manutenção de um jornalismo atuante e com independência e lançam carta aberta,  hoje, Dia Mundial do Meio Ambiente. Leia a íntegra: Onde se planta jornalismo floresce democracia 5 de junho de 2020 Neste Dia Mundial...
04/06/2020 12:02

Parte 12: Semana do Meio Ambiente: Conama em silêncio no ano de 2020, em tempos de Covid-19

No contexto da crise da pandemia e da aceleração de desmatamento ilegal na Amazônia, reuniões plenárias não ocorrem desde novembro de 2019 Por Sucena Shkrada Resk* Nesta Semana do Meio Ambiente e no auge da crise da pandemia da Covid-19, o Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA), que tem o...
01/06/2020 09:53

Parte 11 – Observatórios possibilitam controle social, em tempos de Covid-19

Estes canais de comunicação surgem em busca de maior transparência de informações e de cobranças de ações proativas no combate à doença no Brasil Por Sucena Shkrada Resk* A sociedade civil brasileira, por meio de organizações não-governamentais (ONGs) e especialmente de instituições públicas de...
29/05/2020 13:00

Parte 10 – Estudo aponta o risco associado da desintegração ecológica com a origem de mais doenças infecciosas como a Covid-19

Por Sucena Shkrada Resk* Surtos epidêmicos entre humanos, com início em doenças zoonóticas, se tornam mais prováveis A The Wildlife Conservation Society lançou um documento, neste mês de maio, que alerta sobre o perigo que ronda a humanidade com a possibilidade de mais surtos epidêmicos e pandemias...
28/05/2020 09:58

Parte 9 – Mais de 40 milhões de vozes da área da saúde clamam por um meio ambiente saudável ao G20 no contexto da pandemia

Por Sucena Shkrada Resk* Carta foi encaminhada, nesta semana, aos líderes do grupo das 20 nações com as maiores economias mundiais, incluindo o Brasil, e clama pela necessidade de combate à poluição atmosférica “...Antes da Covid-19, a poluição do ar - principalmente originária do tráfego, uso...
26/05/2020 13:00

Parte 8: O papel estratégico da conservação da saúde ambiental no enfrentamento à Covid-19 no Brasil

Por Sucena Shkrada Resk* Mídia ambiental está atenta ao processo de desestruturação nesta agenda, que pode ser uma porta aberta também para avanços de epidemias A saúde ambiental brasileira está seguindo para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nunca foi tão necessário evocar esta analogia com...
25/05/2020 14:32

Parte 7 – A corrente de humanização que se tece em tempos da pandemia da Covid -19

Por Sucena Shkrada Resk* Campanhas pelo país impulsionam o exercício de empatia e desprendimento Uma das características singulares que emerge em tempos de crise é a humanização, que vem carregada daquela palavra ‘aconchegante’ chamada empatia. Problemas da sociedade moderna já existentes se...
22/05/2020 13:56

Parte 6: o impacto na saúde mental em tempos de pandemia da Covid-19

Por Sucena Shkrada Resk* OMS lança documento em maio e iniciativas se multiplicam no Brasil No conjunto de complexidades a respeito dos impactos da pandemia da Covid-19, a saúde mental ganha projeção em recentes pesquisas, e os comprometimentos são avaliados como “extremamente preocupantes”,...
29/04/2020 15:28

Parte 5: #Covid19 e a valorização da pesquisa científica

Por Sucena Shkrada Resk* Esta pandemia reitera o quanto é crucial o investimento no capital humano científico Nós, individualmente e como integrantes do coletivo da humanidade procuramos um norte, nesta pandemia da Covid-19. Neste horizonte de incertezas, a “bússola” leva a uma área que nos últimos...
22/04/2020 16:34

Parte 4 – Em tempos de #Covid19 e #mudançasclimáticas

No Dia Mundial da Terra, a reflexão sobre novos paradigmas de desenvolvimento Por Sucena Shkrada Resk* A expressão “em tempos de #Covid19 ou de #Coronavírus tem se fixado em nossas mentes para definir o atual momento histórico em que vivemos nos últimos meses. Este ano de 2020 definitivamente é...
07/04/2020 14:31

Parte 3: A Covid 19 e os desafios de nossos defensores no front de batalha

Neste Dia Mundial da Saúde (07/04), fica o alerta em defesa de nossos profissionais da área da saúde Por Sucena Shkrada Resk* A batalha contra a Covid-19 está resultando em muitas baixas no front, em todo o mundo. No município de São Paulo, o médico socorrista Paulo Fernando, 56 anos; o enfermeiro...
30/03/2020 10:30

Parte 2: A espiral do novo coronavírus expõe a janela da fragilidade aberta no Antropoceno

Com a pandemia da Covid-19, somos obrigados a descobrir novos caminhos para a humanidade Por Sucena Shkrada Resk* Existem algumas guerras que não são estruturadas com armamentos bélicos e que são tão devastadoras quanto a estes conflitos geopolíticos que têm assolado a humanidade, como a 1ª e 2ª...

© 2020 Todos os direitos reservados.

Blog Cidadãos do Mundo-jornalista Sucena Shkrada Resk