Água “pura”...quero ver-te, por Sucena Shkrada Resk

22/03/2013 21:53


Fonte de imagem: FAO

Olho para o céu e sei que lá estão os “Rios Voadores”. Ao ler a explicação de Gérard e Margi Moss sobre o projeto de mesmo nome (https://www.riosvoadores.com.br/o-projeto/rios-voadores) penso o quanto do intangível há no tangível, quando se trata do tema água, que já é identificado como “ouro azul”, desde o século passado. Esse mesmo processo se dá com o conceito de “água virtual”*, que revela o que não conseguimos enxergar em parte na pegada hídrica (https://www.pegadahidrica.org/?page=files/home)   da humanidade. Quando relegamos a segundo plano, o valor dos aquíferos ou melhor, desconhecemos por completo sua importância, só agregamos mais desconhecimento e inoperância...”. E ao nos depararmos com esgoto a céu aberto, acentuamos o ciclo baseado na inação.

Com o pensamento em longo prazo, os cenários se tornam mais turvos. Em 2030, quase a metade da população mundial poderá enfrentar escassez de água. A afirmação do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon só reitera o sinal vermelho há muito tempo dado à condução de nossos caminhos atuais no planeta. Somos mais de 7 bilhões de seres humanos espalhados por diferentes regiões do globo e estima-se que praticamente 4 bilhões não têm água encanada (tratada). Nessa matemática da escassez, anualmente  3,5 milhões de pessoas morrem por doenças causadas pela falta de água potável, de acordo com dados da ONU-Água.

Os números parecem frios diante de tantas vidas comprometidas, não é? E o fato de 2013 ser o Ano Internacional de Cooperação pela Água e estarmos vivendo a Década Brasileira da Água, desde 2005,  não modifica uma realidade indiscutível. Essa é uma agenda “infinita” para a humanidade, pois basta um argumento: sobrevivência.

Os pesquisadores holandeses Arjen Hoekstra e Mesfin Mekonnen, da Universidade de Twente, divulgaram neste mês, cálculos sobre a pegada hídrica individual no contextos de países pobres, em desenvolvimento e desenvolvidos. Enquanto, no Congo, por exemplo, é de 552 m³/ano, no Brasil é de 2.027 m³/ano e nos EUA, 2.842 m³/ano.

Nessa desigualdade de consumo e acesso, há também o componente climático e as situações mais aflitivas são vividas em países como Bahrein, Qatar, Kwait, Líbia, Djibouti, Emirados Árabes, Iêmen, Arábia Saudita, Omã e Egito, no Oriente. Esses dados foram divulgados pela consultoria britânica Maplecroft, no ano passado. Ironicamente essas nações ricas em petróleo sofrem com o risco de escassez de um bem maior. Algo para se pensar, não é verdade? Afinal,  já ocorrem guerras por causa desse “ouro negro” e nas últimas décadas existe uma outra guerra. Nesse caso, pelo “ouro azul”.

O documentário canadense “Ouro Azul: A Guerra Mundial pela Água”,  de Sam Bozzo ,  que teve como fonte de inspiração o livro Maude Barlow e Tony Clarke, é um retrato dessa situação

O PROBLEMA SÓ SE ACENTUA

Todos os anos, chega o dia 22 de março e inúmeros artigos, reportagens, relatórios são divulgados sobre a situação da água localmente e no planeta. Quase como um filme reprisado há o alerta sobre os perigos que emergem entorno da escassez, do desperdício, da contaminação e das condições climáticas. A situação se agrava por uma complexa rede de causas: mau uso pela sociedade, má gestão pública e incompetência ou ausência de boas práticas empresariais. A tudo isso se agrega um fator importante e que não pode ser desprezado: a densidade demográfica aumenta anualmente no mundo e a pegada hídrica, por sua vez, também.

Nessa síntese da desigualdade, existe mais um elemento subdimensionado, que é o descompasso presente na sensibilização da população diante do problema. Nas grandes metrópoles, geralmente parte de nós nos vimos confortáveis com a água saindo da torneira, do chuveiro, com raros momentos de racionamento. Aquela falsa sensação de que nunca seremos pegos de surpresa pela ausência da água é recorrente. Só que também nas metrópoles, entretanto, nos bairros mais periféricos, essa iminência da falta é algo que faz parte do cotidiano.

Quando partimos para a regionalização (Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte)  no contexto brasileiro, começamos a perceber que o senso comum de percepção sobre o sofrimento de nordestinos, no semi-árido, perigosamente começa a ser visto como algo irremediável e, por muitas vezes, banalizado de forma grosseira por quem não vive na “pele” a estiagem e a seca. Ciclos intermináveis de soluções paliativas ou falta de empenho nas mesmas parecem uma trilha sonora interminável de “desculpas”.

Aquela visão quase caricatural de que no Norte do país, os rios são caudalosos o tempo todo também começa a cair por terra aos poucos. Nas demais regiões também há esses ciclos de “estiagens” cada vez mais prolongados.

Quando falamos sobre “água”, em qualquer ângulo, simboliza o principal condutor da infraestrutura. Está na base de um município, de um estado ou país e de nossas vidas. Na política de saneamento que está interligada com saúde, educação, transporte (hidrovias), agricultura, meio ambiente, alimentação, indústria e comércio...

Com todo esse repertório, não é preciso ir muito longe para se buscar novos caminhos para combater a inércia exaustiva, que faz vidas serem minadas e corpos sucumbirem. Morrer por causa da falta de esgotamento sanitário, pela presença de elementos químicos contaminantes nas águas ou pela ausência da mesma é sinal de que novos significados devem ser dados à palavra desenvolvimento no século XXI, para que não sejamos falaciosos e coniventes com esse ciclo perverso, que envolve a apatia ao que é essencial ao que tanto almejamos: qualidade de vida.

Glossário:

Água virtual*: conceito criado por John Allan em 1993, que representa o cálculo do total de água utilizado na produção de qualquer bem de consumo, desde matérias-primas à distribuição final.

Veja também outros artigos que escrevi sobre o tema por aqui:
14/01/2013 Reflexão: a desertificação e o consumo inconsciente
03/12/2012 Educomunicação:memória e resiliência no enfrentamento dos eventos extremos
27/08/2012 No contexto das nove fronteiras,
30/07/2012 Quanto da Mata Atlântica matamos dentro e fora de nós?
29/06/2012 Pós-Rio+20: ao sair da bolha, o trabalho continua
07/06/2012 - Rumo à Rio+20: o valor oculto da água
23/05/2012 Nota: Saneamento está interligado a outras infraestruturas
22/03/2012 - Campanha A Água e a Segurança Alimentar
02/03/12 - A importância da discussão da água na Rio+20
15/02/12 Rumo à Rio+20: Foco da campanha Meu Sonho Verde
15/12/11 Nota: índice das cidades verdes destaca Curitiba
29/11/11 São Paulo 2022: uma recente contribuição para se pensar o próximo Plano Diretor
19/10/11 - Esgoto: o calcanhar de aquiles do Brasil0
9/11/11 Refletindo sobre o Estado do Futuro/Projeto Millennium
28/10/11 - Por dentro do saneamento básico
09/11/2011 Refletindo sobre o Estado do Futuro/Projeto Millennium
28/07/2011 Atenção às nossas águas

*Blog Cidadãos do Mundo - jornalista Sucena Shkrada Resk

Pesquisar no site

Blog

02/07/2020 16:33

Parte 19: O ônus de não se dar a efetiva atenção à saúde indígena, em tempos de Covid-19

O antropólogo Adelino Mendez faz uma imersão sobre o atual momento vivido pelos povos indígenas. Esta é a terceira e última entrevista desta primeira série sobre saúde indígena, em tempos de pandemia, do Blog Cidadãos do Mundo Por Sucena Shkrada Resk* Como ficarmos alheios a um momento tão crítico...
01/07/2020 16:24

Parte 18: Uma leitura sobre o luto indígena, em tempos de pandemia

Em entrevista ao Blog Cidadãos do Mundo, o escritor e educador Daniel Munduruku fala sobre um dos momentos mais complexos vividos por povos indígenas frente ao novo coronavírus, Este depoimento é o segundo na série de três entrevistas sobre a saúde indígena, no contexto da Covid19 Por Sucena...
30/06/2020 14:39

Parte 17: A saúde indígena no centro da pauta, em tempos de Covid-19

Em entrevista ao Blog Cidadãos do Mundo, Angela Amanakwa kaxuyana, coordenadora-tesoureira da COIAB, expõe a situação crítica vivenciada pelos povos indígenas na Amazônia frente à pandemia. Esta é a primeira de uma série de três entrevistas no blog a respeito desta pauta. Por Sucena Shkrada...
29/06/2020 16:31

Parte 16 – Quais são as prioridades ambientais no Congresso Nacional, em tempos de pandemia da Covid-19?

O deputado federal Rodrigo Agostinho, coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista e da Comissão de Meio Ambiente, expõe o panorama atual, em entrevista ao Blog Cidadãos do Mundo Por Sucena Shkrada Resk* A pauta socioambiental é cada vez mais transversal e em tempos de pandemia, tem ganhado...
26/06/2020 12:31

Parte 15: Novo marco regulatório conseguirá resolver os gargalos do saneamento de décadas, agravados com a pandemia da Covid-19?

A falta de acesso à água potável e a esgotamento sanitário ainda atinge milhares de brasileiros Por Sucena Shkrada Resk* Estabelecimento e cumprimento de prazos na área de infraestrutura estão longe do ideal no Brasil. O exemplo clássico, que se estende por décadas, é do saneamento básico. Prova...
20/06/2020 11:42

Direito à educação: Malala se forma em Oxford e comemoração ultrapassa fronteiras

A ativista paquistanesa, que luta pelo direito do acesso à educação, em especial, feminino, marca mais um capítulo em sua trajetória inspiradora Por Sucena Shkrada Resk* A jovem ativista paquistanesa Malala Yousafzai, 22 anos, se formou em Política, Economia e Filosofia, pela Universidade de...
19/06/2020 13:01

Parte 14: a relação da conservação dos oceanos com a Covid-19

Nas profundezas da imensidão azul, se encontram respostas sobre o novo coronavírus que vão além de seu papel prioritário para a regulação climática e para a subsistência humana Por Sucena Shkrada Resk*  Enquanto nossa sociedade mundialmente enfrenta a realidade imposta pela pandemia da...
12/06/2020 11:58

Parte 13: Brasil participa da última fase clínica de testes em humanos de vacinas contra Covid-19

Iniciativas são fruto de parcerias com Universidade de Oxford e com indústria farmacêutica chinesa Por Sucena Shkrada Resk* Um dos centros de pesquisa mundiais em estágio mais avançado quanto à vacina contra a Covid-19, é a Universidade de Oxford, no Reino Unido, que já se encontra nos testes da 3ª...
05/06/2020 08:00

Dia Mundial do Meio Ambiente: Onde se planta jornalismo floresce democracia

Veículos e jornalistas da mídia ambiental brasileira se unem em defesa da manutenção de um jornalismo atuante e com independência e lançam carta aberta,  hoje, Dia Mundial do Meio Ambiente. Leia a íntegra: Onde se planta jornalismo floresce democracia 5 de junho de 2020 Neste Dia Mundial...
04/06/2020 12:02

Parte 12: Semana do Meio Ambiente: Conama em silêncio no ano de 2020, em tempos de Covid-19

No contexto da crise da pandemia e da aceleração de desmatamento ilegal na Amazônia, reuniões plenárias não ocorrem desde novembro de 2019 Por Sucena Shkrada Resk* Nesta Semana do Meio Ambiente e no auge da crise da pandemia da Covid-19, o Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA), que tem o...
01/06/2020 09:53

Parte 11 – Observatórios possibilitam controle social, em tempos de Covid-19

Estes canais de comunicação surgem em busca de maior transparência de informações e de cobranças de ações proativas no combate à doença no Brasil Por Sucena Shkrada Resk* A sociedade civil brasileira, por meio de organizações não-governamentais (ONGs) e especialmente de instituições públicas de...
29/05/2020 13:00

Parte 10 – Estudo aponta o risco associado da desintegração ecológica com a origem de mais doenças infecciosas como a Covid-19

Por Sucena Shkrada Resk* Surtos epidêmicos entre humanos, com início em doenças zoonóticas, se tornam mais prováveis A The Wildlife Conservation Society lançou um documento, neste mês de maio, que alerta sobre o perigo que ronda a humanidade com a possibilidade de mais surtos epidêmicos e pandemias...
28/05/2020 09:58

Parte 9 – Mais de 40 milhões de vozes da área da saúde clamam por um meio ambiente saudável ao G20 no contexto da pandemia

Por Sucena Shkrada Resk* Carta foi encaminhada, nesta semana, aos líderes do grupo das 20 nações com as maiores economias mundiais, incluindo o Brasil, e clama pela necessidade de combate à poluição atmosférica “...Antes da Covid-19, a poluição do ar - principalmente originária do tráfego, uso...
26/05/2020 13:00

Parte 8: O papel estratégico da conservação da saúde ambiental no enfrentamento à Covid-19 no Brasil

Por Sucena Shkrada Resk* Mídia ambiental está atenta ao processo de desestruturação nesta agenda, que pode ser uma porta aberta também para avanços de epidemias A saúde ambiental brasileira está seguindo para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nunca foi tão necessário evocar esta analogia com...
25/05/2020 14:32

Parte 7 – A corrente de humanização que se tece em tempos da pandemia da Covid -19

Por Sucena Shkrada Resk* Campanhas pelo país impulsionam o exercício de empatia e desprendimento Uma das características singulares que emerge em tempos de crise é a humanização, que vem carregada daquela palavra ‘aconchegante’ chamada empatia. Problemas da sociedade moderna já existentes se...
22/05/2020 13:56

Parte 6: o impacto na saúde mental em tempos de pandemia da Covid-19

Por Sucena Shkrada Resk* OMS lança documento em maio e iniciativas se multiplicam no Brasil No conjunto de complexidades a respeito dos impactos da pandemia da Covid-19, a saúde mental ganha projeção em recentes pesquisas, e os comprometimentos são avaliados como “extremamente preocupantes”,...
29/04/2020 15:28

Parte 5: #Covid19 e a valorização da pesquisa científica

Por Sucena Shkrada Resk* Esta pandemia reitera o quanto é crucial o investimento no capital humano científico Nós, individualmente e como integrantes do coletivo da humanidade procuramos um norte, nesta pandemia da Covid-19. Neste horizonte de incertezas, a “bússola” leva a uma área que nos últimos...
22/04/2020 16:34

Parte 4 – Em tempos de #Covid19 e #mudançasclimáticas

No Dia Mundial da Terra, a reflexão sobre novos paradigmas de desenvolvimento Por Sucena Shkrada Resk* A expressão “em tempos de #Covid19 ou de #Coronavírus tem se fixado em nossas mentes para definir o atual momento histórico em que vivemos nos últimos meses. Este ano de 2020 definitivamente é...
07/04/2020 14:31

Parte 3: A Covid 19 e os desafios de nossos defensores no front de batalha

Neste Dia Mundial da Saúde (07/04), fica o alerta em defesa de nossos profissionais da área da saúde Por Sucena Shkrada Resk* A batalha contra a Covid-19 está resultando em muitas baixas no front, em todo o mundo. No município de São Paulo, o médico socorrista Paulo Fernando, 56 anos; o enfermeiro...
30/03/2020 10:30

Parte 2: A espiral do novo coronavírus expõe a janela da fragilidade aberta no Antropoceno

Com a pandemia da Covid-19, somos obrigados a descobrir novos caminhos para a humanidade Por Sucena Shkrada Resk* Existem algumas guerras que não são estruturadas com armamentos bélicos e que são tão devastadoras quanto a estes conflitos geopolíticos que têm assolado a humanidade, como a 1ª e 2ª...

© 2020 Todos os direitos reservados.

Blog Cidadãos do Mundo-jornalista Sucena Shkrada Resk