Reflexão: a resiliência diante das perdas, por Sucena Shkrada Resk

06/12/2012 10:43

#Reflexão - Essa semana, em particular, estou mais sensível aos sentimentos que envolvem as partidas deste plano. Ontem me deixei levar pelos relatos de Mães de Maio (https://www.facebook.com/maes.demaio?ref=ts&fref=ts), no Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo, e compartilhei de um sentimento de ternura, ao ver seus olhos marejados de saudades, ouvir suas falas de bravura e resiliência e contemplar os semblantes de seus filhos em fotografias dos melhores momentos - que elas querem guardar.

Esses jovens foram tirados de forma violenta do seio de suas famílias simples, da Baixada Santista, e ao me envolver com as narrativas, tive a plena convicção de que estamos em uma sociedade adoecida, que precisa do resgate de amor e justiça. Achei de tamanha nobreza a clareza que essas mulheres têm no propósito para as soluções dos casos, sem se pautar na violência pela violência, mas que essas mortes não fiquem impunes e que outras não mais ocorram.

Escreverei um artigo dessa experiência - em especial - do relato de uma mãe, que me descreveu a sua história de sofrimento e luta, que praticamente lhe tirou o chão, que é a perda recente de seu caçula, de 25 anos...em outubro deste ano. Sob efeito de anti-depressivos, ela ainda encontra resistência para se engajar nessa mobilização maior.

 

© 2014 Todos os direitos reservados.

Blog Cidadãos do Mundo-Sucena Shkrada Resk