E a educomunicação ambiental nas políticas públicas brasileiras?, por Sucena S.Resk

10/04/2012 10:14

Hoje o que se observa é a dificuldade de se conseguir obter informações sistematizadas e contínuas sobre o campo da educomunicação no país. Durante o Encontro Paralelo de Educomunicação, no dia 28 de março, em Salvador, que integrou o VII Fórum Brasileiro de Educação Ambiental, Renata Maranhão, gerente de projetos da Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do Ministério do Meio Ambiente (MMA), apresentou o resumo do histórico das iniciativas e desafios governamentais federais a respeito da pauta. Entre as novidades, está a recente proposta de incentivo a esse campo nos licenciamentos ambientais e na implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos e na Agricultura Familiar.

De forma resumida, a proposta conceitual da educomunicação socioambiental é possibilitar à totalidade da população o acesso à informação na área, para que possa criar sua própria concepção e também produzir de forma interativa, em vez de ser só receptora ou ter impressões. A pergunta que fica no ar – o quanto realmente avançamos nesse sentido?
O subprograma do setor foi introduzido, no MMA, a partir de 2004. “E no plano plurianual (PPA) 2012, há previsão para essa área, com cursos de formação de educomunicadores”, disse a gestora.

Institucionalmente a educomunicação também se encontra nas diretrizes da Estratégia Nacional em Comunicação e Educação Ambiental (Encea), nas políticas de juventude e das água e clima, como também, na Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), entre outras. Entretanto, a questão crucial é implementar essas propostas, para que não se restrinjam a projetos esporádicos.

“Na questão do licenciamento, recentemente o presidente do Ibama assinou portaria que abre um espaço promissor nesse campo...No programa Circuito Tela Verde, que está na quarta edição, alguns vídeos são mais educomunicativos. Com relação aos cerca de 500 telecentros no país, o objetivo também é torná-los espaços educomunicadores. E quanto à educação à distância, a meta é tornar a plataforma moodle mais interativa e comunicativa”, pontuou a gestora.

Para Renata, é importante que se crie o que se chama atualmente de elos comunicativos ou ecossistemas comunicativos. “O desafio está na formação de educomunicadores, não há ações stricto sensu nesse sentido”, constata (veja também no Blog Cidadãos do Mundo – as entrevistas de Grácia Lopes, do Cala-Boca já Morreu e do professor Ismar Soares, do NCE/ECA/USP).
Segundo a gerente, a prioridade, neste ano, é implementar iniciativas no Programa da Educação na Agricultura Familiar, por meio da educomunicação rural (com spots de rádios etc), e iniciativas na educação ambiental, prevista na PNRS aliada ao Consumo sustentável. “ É importante que sejam dialógicas. Também pretendemos estimular os gestores que integram o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), a desenvolverem ações no campo da educomunicação socioambiental... É fundamental ainda que os estados tenham suas estratégias”, afirmou.

Essas metas, diretrizes e planos expostos geram reflexão imediata de que nós, enquanto sociedade, temos como papel, a participação e a necessidade de acompanhar e cobrar o cumprimento dessas políticas, como também a transparência das informações sobre os processos. A publicização e mecanismos reais de participação efetiva das comunidades são o dever dos governos para tornar tudo isso realidade...

Veja também no Blog Cidadãos do Mundo:
08/04/12 - Educomunicação: uma questão de estímulo
08/04/12 - Esp.Educom 2012:Ismar Soares e a educomunicação na academia e fora de seus muros
06/04/12 - Especial Educom 2012: Grácia Lopes Lima fala dos objetivos do Cala-Boca Já Morreu
26/03/12 - Encontro de Educomunicação no VII Fórum de EA
22/11/11 - CBJA: jornalista socioambiental na busca da liberdade
05/12/10 - Especial Fórum Social Pan-Amazônico – A luta só está no começo
10/06/10 - A multiplicidade da ação simbólica ambiental
25/05/10 - Pensata: Entre os discursos e as ações
03/04/10 - Educomunicação: Resolução Conama abre novas perspectivas
13/01/10 - Propostas da 1ª Conf. Nac. de Comunicação virarão lei?
17/11/09 - Especial Educomunicação Ambiental (4)-Entrevista:Maria del Carmen Chude
02/11/09 20 - Esp. EA (3)-Entrevista: Vilmar Berna
01/11/09 - Esp. EA (2)-Entrevista: André Trigueiro
26/10/09 -Esp. EA (1) - Entrevista: Heitor Queiroz de Medeiros
04/08/09 - Esp.-VI Fórum de Educação Ambiental-A importância do empoderamento

 

© 2014 Todos os direitos reservados.

Blog Cidadãos do Mundo-Sucena Shkrada Resk