Conservação das zonas úmidas: Brasil tem 11 sítios de Ramsar, por Sucena Shkrada Resk

01/02/2013 21:25

Amanhã, 2 de fevereiro, será comemorado o Dia Mundial das Zonas Úmidas. Atualmente existem 2083 sítios distribuídos em 164 países, o que corresponde a 197.849.428 ha, segundo dados da Convenção de Ramsar, que entrou em vigor em 21 de dezembro de 1975.

Com o objetivo de conservação e uso sustentável dessas zonas úmidas, as partes contratantes da Convenção podem receber dois tipos de apoios financeiros. Um é o Fundo de Pequenas Subvenções (Ramsar Small Grants Fund) e o outro, o Fundo Zonas Úmidas para o Futuro (Wetlands for the Future Fund).

De três em três anos, desde 1980, são realizadas conferências das partes (COPs), para que sejam verificadas as implementações das diretrizes da convenção.

No Brasil, atualmente há um total de 11 locais, em 6.568.359 ha:

- Parque Nacional Marinho de Abrolhos (BA);
- Área de Proteção Ambiental da Baixada Maranhense (MA);
- Ilha do Bananal (TO);
- Lagoa do Peixe (RS);
- Mamirauá (AM);
- Pantanal Matogrossense (MT);
- Parque Estadual Marinho do Parcel Manoel Luís...(MA);
- Reentrâncias Maranhenses (MA);
- Reserva Particular del Patrimônio Natural (RPPN) Fazenda Rio Negro (MS)
- Reserva Particular do Patrimônio Natural SESC Pantanal (MT);
- Parque Estadual do Rio Doce (MG)
Fonte: Lista de Ramsar - http://www.ramsar.org/pdf/sitelist.pdf

Como cidadãos (ãs) conscientes, podemos também exercer um papel fiscalizador e contribuir para a conservação dessas áreas. Aí entra o conceito do ecoturismo com todas as suas vertentes, que obviamente requer o exercício de educação ambiental constante.

Nos anos 90, conheci Abrolhos e algumas das imagens que ficaram marcadas para mim foram dos atobás e o cuidado que devíamos ter ao pisar sobre as pedras e caminhos, para que não pisoteássemos os ovos das aves. E o mar no entorno repleto de belezas subaquáticas foram mais uma linda lembrança dessa experiência, depois de viajar duas horas em lancha rápida de Caravelas para lá.

No Maranhão, conheci a região dos Lençois Maranhenses, em 2004. Também é algo inesquecível. Percorrer o rio Preguiças, que nos levam às dunas, foi um aprendizado que só me fez constatar o quanto somos agentes para que esses destinos possam ter sua perpetuação, como também as famílias ribeirinhas...

 

© 2014 Todos os direitos reservados.

Blog Cidadãos do Mundo-Sucena Shkrada Resk